Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte IV

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte IV

A partir do final dos anos 70 e início dos 80, começaram a ocorrer no Brasil, movimentos organizados reivindicatórios dos direitos dos negros, das mulheres, dos índios e dos homossexuais

Rebeliões permanentes de escravos

Rebeliões permanentes de escravos

A canção portuguesa ajuda-nos a entender o rancor e a revolta do escravo: “Quem quiser tirar proveito de seus negros, há de mantê-los, fazê-los trabalhar e surrá-los melhor”

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte III

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte III

Lacy Ribeiro, Fernando Tatagiba e Bernadette Lyra são escritores que fizeram de seus textos retratos das diferentes marginalidades brasileiras

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte II

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte II

Amylton de Almeida não fez de seus livros panfletos de afirmação da identidade homossexual, até porque a época não permitia

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte I

O discurso homossexual na literatura do ES - Parte I

O Ateneu, de Raul Pompéia, 1888, e Bom crioulo, 1895, de Adolfo Caminha, são bons exemplos para ilustrar a visão sobre a “condição” do homossexual, no século passado

História Loja Maçônica União e Progresso de 1914 até 1929

História Loja  Maçônica União e Progresso  de 1914 até 1929

A obra, segundo o seu autor Fernando Achiamé, foi inspirada no livro editado em 1993 com o título de Viaggio in un Tempio Massonico: racconto fotografico, de Johann Freimaurer

Discurso do Venerável Alberto Stange Júnior

Discurso do Venerável Alberto Stange Júnior

Proferido na festa comemorativa do Centenário da Loja União e Progresso no dia 08 de novembro de 1972 no Teatro Carlos Gomes

O mais velho maçon do Brasil

O mais velho maçon do Brasil

O tenente Emílio Coelho da Rocha – Tenente da Guarda Nacional – bem antes de completar os seus 92 anos, a 7 de agosto de 1975, já se considerava, orgulhosamente, como o maçon mais velho do Brasil

Literatura no ES: os séculos XVII e XVIII

Literatura no ES: os séculos XVII e XVIII

Nenhum registro literário ficou, no Espírito Santo, da literatura jesuítica barroca

O Acervo Histórico da Província

O Acervo Histórico da Província

A Biblioteca Pública do Espírito Santo está completando 157 anos. Quem promoveu sua criação foi o escritor Brás Rubim, capixaba de nascimento, que ofereceu ao governo provincial um conjunto de 400 volumes