Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Jerônimo Monteiro - Capítulo XIX

Jerônimo Monteiro - Capítulo XIX

Existia o Quartel de Polícia, no Moscoso, edifício relativamente novo, cujas fundações, porém, exigiam constantes reparos

Jerônimo Monteiro - Capítulo XVIII

Jerônimo Monteiro - Capítulo XVIII

A 28 de agosto, o Dr. Jerônimo seguiu para o Rio de Janeiro, a fim de retribuir a visita do Dr. Nilo Peçanha

Jerônimo Monteiro - Capítulo XVII

Jerônimo Monteiro -  Capítulo XVII

Já registramos que o Dr. Jerônimo tanto se interessava pelos melhoramentos da Capital quanto se voltava para realizações necessárias ao interior do Estado

Jerônimo Monteiro - Capítulo XV

Jerônimo Monteiro -  Capítulo XV

Celebrou o Governo um acordo com a Santa Casa e lavrou-se o contrato da construção com o arquiteto-construtor André Carloni

Jerônimo Monteiro - Capítulo XIV

Jerônimo Monteiro -  Capítulo XIV

Aspecto do salão Domingos Martins, do palácio do governo, no dia da instalação do Congresso das Municipalidades (1908-1912)

Jerônimo Monteiro - Capítulo XIII

Jerônimo Monteiro -  Capítulo XIII

Fazenda Sapucaia sob a direção do Sr. Agostinho Marciano de Oliveira, contratado em Minas Gerais. Foi inaugurada, festivamente, a 4 de dezembro.

Jerônimo Monteiro - Capítulo XI

Jerônimo Monteiro -  Capítulo XI

Formatura de alunos do Grupo Escolar Gomes Cardim em frente à antiga Catedral de Vitória (1912), APEES — Coleção Jerônimo Monteiro

Jerônimo Monteiro - Capítulo VIII

Jerônimo Monteiro -  Capítulo VIII

Assim, entre esperanças de muitos e expectativa simpática de outros, iniciou Jerônimo o seu Governo, e inaugurou uma nova era para o progresso e o conforto do seu povo

Jerônimo Monteiro - Capítulo VI

Jerônimo Monteiro -  Capítulo VI

Jerônimo Monteiro acompanhado pelo irmão, bispo diocesano Dom Fernando em frente à Catedral de Vitória, após as exéquias do Barão do Rio Branco (1912). APEES — Coleção Jerônimo Monteiro

Mandamentos do bom pescador amador

Mandamentos do bom pescador amador

Primeiro:defenda a natureza da qual você é parte integrante