Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Fundação de Vitória

A Fundação de Vitória

Aquela provisão lança por terra a tradição de que foi o triunfo alcançado pelos ilhéus a 08/09/1551 que deu nome a Vitória

Por que Morro do Moreno?

Por que Morro do Moreno?

Desde o início da colonização do Espírito Santo, o Morro do Moreno funcionava como posto de observação assegurando a defesa de Vila Velha e de Vitória

Jesuítas no Espírito Santo

Jesuítas no Espírito Santo

Em 1549 partiram da Bahia – escalaram no porto da “povoação do Espírito Santo” Leonardo Nunes e Diogo Jácome

Origem do nome das cidades do ES

Origem do nome das cidades do ES

Muitas vezes, por um simples motivo, surge a origem do nome de uma cidade, como por exemplo, o hábito dos moradores de tomar um cafezinho que, de tão ralo, mais parecia água doce. Daí veio o nome da cidade de Água Doce. E o nome da cidade de Águia Branca, de onde surgiu essa idéia? 

Araribóia X Villegagnon

Araribóia X Villegagnon

Araribóia, comandante de duzentos temiminós que o Espírito Santo mandou à luta contra os franceses de Villegagnon

Perlustrando a costa - Limites com a capitania de S. Tomé

Perlustrando a costa - Limites com a capitania de S. Tomé

Vasco Coutinho em 1539 passou um assinado a Pero de Góis – donatário de São Tomé – demarcando limites entre as duas capitanias

Exigências e deficiências da Capitania de Vasco

Exigências e deficiências da Capitania de Vasco

Aquele grupinho de brancos, assentado na orla do país, impossibilitado de se fazer temido e respeitado pelo gentio

Em retribuição a Duarte de Lemos, uma ilha

Em retribuição a Duarte de Lemos, uma ilha

Rocha Pombo acredita que Duarte de Lemos tenha chegado ao Espírito Santo em 1536, ou, quando muito, em princípios do ano seguinte

Tomé de Sousa e o Espírito Santo

Tomé de Sousa e o Espírito Santo

No Regimento passado a Tomé de Sousa, primeiro governador geral, todo um parágrafo é dedicado à capitania do Espírito Santo 

Instalação dos serviços da Coroa – Vasco Coutinho

Instalação dos serviços da Coroa – Vasco Coutinho

Sebastião Lopes e Antônio Espera, escrivães da feitoria e do almoxarifado da capitania respectivamente