Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Café Capitania

Café Capitania

No final do século XIX, o Espírito Santo já detinha a marca do café capitania, famoso por suas propriedades de aroma e sabor inconfundíveis

D. Pedro II: além das festas, visita aos colonos imigrantes

D. Pedro II: além das festas, visita aos colonos imigrantes

A cidade toda engalanou-se para tão festivo acontecimento. Os Fortes de São João e de São Francisco Xavier dispararam suas baterias em continência militar 

O Rei Café

O Rei Café

O café foi a redenção da economia do Espírito Santo, estagnado pela corrida do ouro para Minas Gerais no século XVIII

No Mapa Capixaba, uma herança dos primeiros habitantes

No Mapa Capixaba, uma herança dos primeiros habitantes

Os topônimos indígenas que identificam os nomes de rios, montanhas, serras, povoados e cidades no ES

As aldeias e os jesuítas no ES – Por Celso Perota

As aldeias e os jesuítas no ES – Por Celso Perota

Um tema que está para ser estudado com maior profundidade é a atuação dos jesuítas na Capitania do Espírito Santo

Em 67 anos, Província do ES tem 96 Presidentes

Em 67 anos, Província do ES tem 96 Presidentes

A quantidade de governantes da Província do Espírito Santo, durante todo o período monárquico, é um indicador das dificuldades de administrar uma região que viveu à margem do progresso

Capitania melhora com a vinda de missionários

Capitania melhora com a vinda de missionários

Primeiro foi Frei Pedro Palácios, franciscano. Depois vieram os padres jesuítas, o rei pediu sua ajuda para civilizar colonos e índios no Brasil

Padre Brás Lourenço, o pioneiro

Padre Brás Lourenço, o pioneiro

Entre os jesuítas que atuaram no Espírito Santo, destacaram-se Brás Lourenço, Diogo Jácome, Pedro Gonçalves e Manuel de Paiva, além do Padre José de Anchieta 

Anchieta, Cultura e Santidade

Anchieta, Cultura e Santidade

Ele veio para o Brasil com 19 anos, na companhia do segundo governador-geral, Duarte da Costa 

A independência do Espírito Santo se chama café

A independência do Espírito Santo se chama café

Todas as câmaras das Vilas do Espírito Santo aderiram imediatamente ao Imperador D. Pedro I