Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Literatura e Crônicas

A morte marca encontro no Bar do Tião

A morte marca encontro no Bar do Tião

Nem só de bares da moda vivia a geração de boêmios da ilha de Vitória no final da década de 70

Paradise Bar Island Blues

Paradise Bar Island Blues

Pois este é o êxtase: os milagres de ver, de ouvir, de tatear, de cheirar, de gustar de você, excelência, leitora vil, avessa do zero até onde é o mil! 

O Marrocos

O Marrocos

Acabo de saber - mas que castigo, que acaba de fechar meu velho bar!

Bares, doces bares amargos da juventude - Por Milson Henriques

Bares, doces bares amargos da juventude - Por Milson Henriques

O Britz Bar  ficou famoso por estar localizado perto das redações de todos os jornais e logicamente freqüentado pelos jornalistas que viam o sol nascer em suas cadeiras

O Bar do David - Por Miguel Depes Tallon

O Bar do David - Por Miguel Depes Tallon

Ao longo dos anos, o Bar do David foi se especializando em frutos do mar e peixe, com o melhor caranguejo 

Bares? Eu hein, nem pensar! - Por Marilena Vellozo Soneghet Bergmann

Bares? Eu hein, nem pensar! - Por Marilena Vellozo Soneghet Bergmann

Para as colegiais de recatadas saias (quatro dedos abaixo dos joelhos), os bares eram um lugar cheio de proibições e ambivalências. Tinham algo de sombra e mistério, sedução e... fumaça

O jeito bár-baro de conviver

O jeito bár-baro de conviver

Vitória é tudo isso e muito mais. A cidade encanta, à primeira vista, pela natureza que Deus deu e o homem enfeitou

Os filhos do Britz - Por Luiz Carlos Almeida Lima

Os filhos do Britz - Por Luiz Carlos Almeida Lima

Na linha da Praça do Santa Martha (nome do antigo supermercado) surgiram o Barcorella, o Zepocler, a Mama e o Adega. Em outra ponta o Cochicho da Penha, o Argentino e o Socó, essa geração é intermediária entre o Britz e a dos dias atuais 

Viajando de Bar - Por José Irmo Gonring

Viajando de Bar - Por José Irmo Gonring

E foi assim que, por uma casualidade e via Bar Dominó, Vitória passou a figurar no mapa universal da música pop e no cinema do diretor, como citação obrigatória, e é isso que agora narro em primeira mão

Não Vendo Fiado - Por José Valporto Tatagiba

Não Vendo Fiado - Por José Valporto Tatagiba

O botequim é freqüentado por todo tipo de gente, cada um com uma mania diferente, cada qual tem sua preferência por bebidas e tira-gostos estranhos