Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Matérias Especiais

O cheiro dos velhos tempos

O cheiro dos velhos tempos

Quando eu era criança tinha o olfato apurado e o nariz de perdigueiro... Por isso mesmo, as pessoas, lugares e até coisas se relacionavam a algum cheiro.

O Campanelli

O Campanelli

Manhã nascendo. De pé sobre a pedreira, eu observava o voo dos urubus que agouravam a morte do bezerro atolado no asfalto. A estradinha à beira-mar estava sendo pavimentada. Por todo lado amontoavam-se tonéis do betume negro e visguento; alguns derramados. O gado desavisado que por ali perambulava, volta e meia via-se em apuros. Os maiores conseguiam safar-se, mas os pássaros e bezerrinhos que caíam no asfalto derretido, quando mais se debatiam, mais afundavam...

O Anacoreta Pedro Palácios

O Anacoreta Pedro Palácios

Em Medina do Rio Seco nasceu,Na vila de Vasco Coutinho trabalhou e viveu;O curumim e o índio da tribo salvou,Na Prainha, aos colonos as mãos estendeu,Mas foi na capela da Penha que seu nome escreveu.

Glória e Garoto

Glória e Garoto

Quem mora no bairro da Glória, em Vila Velha, tem muita história para contar: todos os dias, atividades rotineiras são marcadas pelo apito da Fábrica de Chocolates Garoto. No primeiro toque, é hora de ir para a escola. Ao meio-dia, hora do almoço

Orgulho do ES

Orgulho do ES

Algumas coisas que você talvez não saiba sobre o Espírito Santo e que farão você sentir ainda mais orgulho do nosso estado.

Seis horas, à beira-mar

Seis horas, à beira-mar

Vitória, seis horas. Sento-me à beira-mar e ponho-me a cismar. Os navios no cais dão-me liões de partida, mas onde chegar? Se pegar o Angelik, na Grécia vou parar...

Cantando de galo

Cantando de galo

Ainda no tempo em que briga de galo era uma atividade lícita, Cachoeiro de Itapemirim inaugurou sua arena pelas maõs do próprio prefeito de então, Brício Mesquita. Assim, no dia 5 de setembro de 1934, os cachoeirenses passaram, literalmente, a cantar de galo

Pontal do Ipiranga: lendas

Pontal do Ipiranga: lendas

O balneário de Pontal do Ipiranga, em Linhares, norte do ES, está cheio de histórias e mistérios. Veja alguns mais famosos...

Quantas montanhas...

Quantas montanhas...

E lá fui eu, abraçada ao meu “Reino das Palavras”, instalar o meu reino literário na cidade de Pancas, a 180 quilômetros de Vitória. Logo na chegada, me deparei com o parque natural das exuberantes montanhas: Camelo, Pontões, Agulha, Pedra da Rita... Após a palestra e a visita a Secretaria de Educação e autógrafos dos livros, fui conhecer e descobrir os encantos e recantos bucólicos da região...

Rumo ao Forno Grande

Rumo ao Forno Grande

Vá rumo ao Parque Estadual de Forno Grande, em Castelo, seguindo pela BR 206, no limite entre os municípios de Domingos Marins e Venda Nova do Imigrante, entrando à esquerda, seguindo pela estrada da terra do tomate, são 25 quilômetros até o local