Américo Bernardes da Silveira foi prefeito de Vila Velha entre 1977 e 1982, em segundo mandato. Consta que herdou uma grande dívida junto ao sistema financeiro da habitação, da qual conseguiu honrar pouco mais da metade, graças às altas taxas de juros e à correção monetária do conhecido período inflacionário brasileiro.