Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Bispos e Padres Negros do Brasil em Anchieta

Bispos e Padres Negros do Brasil em Anchieta

O Padre Anchieta, hoje santificado, se preocupava com o batizado, o casamento, com a vida mais digna para os negros

Quando os Franciscanos e os Beneditinos chegaram - Por Mário Freire

Quando os Franciscanos e os Beneditinos chegaram - Por Mário Freire

Pedro Palácios em 1558, ergueu, uma pequena ermida a São Francisco; e iniciou mesmo a construção de uma capela, no alto pedregoso da colina

Palácios e o Convento da Penha

Palácios e o Convento da Penha

Quarto Centenário da chegada de Frei Palácios e do início do culto de Nossa Senhora dos Prazeres, o Convento da Penha

A Construção do Convento da Penha (Parte II)

A Construção do Convento da Penha (Parte II)

JABOATÃO não especifica o dia do lançamento da pedra fundamental; mas parece que já foi em fins do ano, pois em meados de 1652

Franciscanos no ES

Franciscanos no ES

O trabalho religioso dos franciscanos no Espírito Santo tivera início com Frei Pedro Palácios

Outra lenda Capixaba de Frei Pedro Palácios

Outra lenda Capixaba de Frei Pedro Palácios

Quando o frei começou a erguer a capela da virgem, ao lado da ermida de São Francisco, no campinho, perto das palmeiras, ele encomendou uma imagem a um portador que ia para Portugal

Doação da ermida aos Franciscanos

Doação da ermida aos Franciscanos

As autoridades de Vila Velha e Vitória resolveram entregar a Capela da Penha aos Franciscanos

As pretensões dos Padres da Companhia pelo Convento

As pretensões dos Padres da Companhia pelo Convento

Só sabemos por Jaboatão, que teve conhecimento dos autos, que os Jesuítas negavam o direito dos Franciscanos, alegando o voto de pobreza

A Construção do Convento da Penha (Parte I)

A Construção do Convento da Penha (Parte I)

No ano imediato de 1651 o Custódio Frei Sebastião do Espírito Santo lançou a pedra fundamental nos alicerces

A Construção do Convento da Penha (Parte III)

A Construção do Convento da Penha (Parte III)

Em1653, o Convento ainda não acabado recebeu de D. João IV uma ordinária do Rei