Em 1558 chegava a Vila Velha uma das figuras mais populares do início da colonização do Espírito Santo. O franciscano Pedro Palácios (1500-1570), criador do Convento da Penha. Há versões contraditórias. Uns afirmam que esse espanhol descendia de nobres, e outros que ele era tão pobre a ponto de não poder ter estudado para ser padre. Por isso, tornou-se missionário.