Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Parteira Dinorah Louzada – Por Seu Dedê

A Parteira Dinorah Louzada – Por Seu Dedê

Parteira, moradora de Maxambomba. Era muito conhecida em Vila Velha como parteira e benzedeira

João Ramires da Costa – Por Seu Dedê

João Ramires da Costa – Por Seu Dedê

Funcionário da Prefeitura Municipal de Vila Velha, quando ainda situada na Rua Coronel Mascarenhas

Praia da Costa – Por Seu Dedê

Praia da Costa – Por Seu Dedê

Na primeira curva da Praia, após a rebentação, havia a casa do doutor Dório Silva conhecida de todos como a Casa Branca

O Matadouro de Vila Velha – Por Seu Dedê

O Matadouro de Vila Velha – Por Seu Dedê

No prolongamento da Rua Dom Jorge de Menezes, sobre uma pedra na encosta do Morro da Penha e à margem do Rio da Costa, ficava o abatedouro municipal

Antônio Bezerra de Faria - Por Seu Dedê

Antônio Bezerra de Faria - Por Seu Dedê

Médico, casado com Dona Lúcia Bezerra, trabalhou no preventório Alzira Bley na Praia da Costa

Anselmo José da Cruz – Por Seu Dedê

Anselmo José da Cruz – Por Seu Dedê

Residia no antigo Cais das Pedrinhas, atual residência do doutor Ivan Schalders

Frei Leopoldo – Por Seu Dedê

Frei Leopoldo – Por Seu Dedê

Chegou a Vila Velha nos anos 40, assumindo a freguesia da Igreja do Rosário em nome da Província Franciscana

A Prainha do meu tempo – Por Seu Dedê

A Prainha do meu tempo – Por Seu Dedê

Não existia o uso do termo Prainha por quem residisse onde hoje diziam ser a Prainha

Cais das Pedrinhas - Por Seu Dedê

Cais das Pedrinhas - Por Seu Dedê

Foto ilustrativa do Cais das Pedrinhas nos anos 30, antes do aterro. Ao fundo, a antiga casa que veio a ser a sede da Casa da Memória de Vila Velha 

Cais dos Padres – Por Seu Dedê

Cais dos Padres – Por Seu Dedê

Na tela de Benedito Calixto de 1927, vê-se a primeira alfândega da Capitania

Leia mais artigos

Pesquisa

Facebook