Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

A Dívida Externa do Espírito Santo

Grupo de autoridades com S. Excia. Capitão João Punaro Bley, e o representante do Banco Francez e Italiano, no Palácio do Governo, após a escritura de liquidação da dívida do ES com esse banco

O Governo do Exmo. Sr. Capitão João Punaro Bley, caracterizando-se, em demasia por inúmeros empreendimentos que fazem o melhor conceito de sua Administração, pode apresentar ainda ao Espírito Santo, entre os seus maiores benefícios, o pagamento das dívidas externas do Estado, o que bastaria para consagrá-lo como um espírito-santense dos melhores, defensor que é da nossa economia pública, orientando sempre para um sentido político superior, libertando o tesouro estadual de obrigações enormes, acrescidas de juros que sacrificariam por muito tempo ainda todo o trabalho de uma população inteira, canalizando o nosso curo para o exterior por empréstimos onerosos contraídos pelo Governo anterior a Revolução. Saneando, portanto, as finanças do Estado, liquidando as dívidas do Espírito Santo junto ao Banco Italo-Belga, ao London Of Bank e ao Banco Allemão Transatlantico, ainda decorrentes das transações, motivou um abatimento de 10.173:128$200 para o Tesouro Estadual na liquidação geral das dívidas, fato que teve a maior repercussão até mesmo fora do Estado.

 

Fonte: Revista Annuário do Espírito Santo, 1937
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2017

História do ES

Teatro no ES

Teatro no ES

O padre José de Anchieta foi, possivelmente, o primeiro a fazer teatro no Espírito Santo, no intuito da propagação do catolicismo por meio da arte, particularmente a indígena

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Ano de 1829 e 1830 – Por Basílio Daemon

Assume a presidência da província a 9 de dezembro de 1830 o 2º vice-presidente coronel José Francisco de Andrade e Almeida Monjardim

Ver Artigo
Com a República, pontes, estradas, indústria e comércio

No Espírito Santo, como nas demais províncias do Império, o movimento republicano foi pequeno. Em 23 de maio de 1887, foi fundado o primeiro clube republicano do Espírito Santo

Ver Artigo
A República e o esforço pela expansão do ensino

No que diz respeito ao ensino primário, houve um acentuado aumento quantitativo do número de escolas e de matrículas

Ver Artigo
A República no Espírito Santo

A província contava 14 municípios, a metade do número atual, e de todos a Capital, o de mais recursos, nunca arrecadou renda superior a vinte contos de réis, sendo essa a média aproximada dos últimos anos financeiros

Ver Artigo
Partidos políticos, Constituição, Início da República

Tão logo pareceu consolidado o regime inaugurado a quinze de novembro de 1889, os políticos começaram a coordenar o eleitorado

Ver Artigo