Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Ano de 1597 - Por Basílio Daemon

Túmulo do Santo Padre Anchieta localizado no Palácio do Governo

1597. Passa deste mundo à eternidade, a 9 de junho deste ano, na então aldeia de Reritiba, hoje vila de Benevente, o venerável jesuíta padre José de Anchieta, com 64 anos de idade e 44 de residência no Brasil. Tendo sofrido longa moléstia, rodeado de muitos de seus amigos e irmãos que da Bahia, Rio de Janeiro e outros lugares tinham vindo para vê-lo, depois de despedir-se de todos que o rodeavam, sobraçado com um crucifixo, expirou na mais santa paz do espírito.(130) Conquanto estivesse o colégio rodeado dos moradores e indígenas, ao saber-se de sua morte, de toda a parte em redor vieram a vê-lo os moradores, e estes mesmos, acompanhados dos padres da Companhia, formaram uma grandiosa procissão a fim de o conduzirem a esta então vila da Vitória, onde chegaram no fim de dois dias. Trezentos e tantos indígenas que ele convertera e doutrinara, revezando carregaram seu corpo às costas até o depositarem na Capela de São Tiago ou dos Jesuítas nesta hoje capital, e depois de lhe serem feitas solenes exéquias, em que funcionou o próprio prelado Bartolomeu Simões Pereira e com uma concorrência extraordinária de povo, foi seu corpo dado à sepultura.(131) Mais tarde foram trasladados parte de seus ossos para a igreja do Colégio da Bahia e depositados junto ao altar-mor de São Tiago, por assim o determinar o geral da Ordem, padre Aquaviva;(132) dissemos parte, pois que muitos de seus ossos foram distribuídos, ficando aqui um osso tíbia, que mais tarde foi depositado na Tesouraria de Fazenda desta hoje província, em uma urna de prata.(133)

 

Notas

 

131 Serrano, Depois da morte de Anchieta, in RIHGES, 1935, 8:82.

132 Idem, p. 83.

133 Vasconcelos, S., Vida e obra, v. 2, p. 146-9.

 

Nota: 1ª edição do livro foi publicada em 1879
Fonte: Província do Espírito Santo - 2ª edição, SECULT/2010
Autor: Basílio Carvalho Daemon
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2019

 

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

De como Anchieta foi ao sertão em busca de uns homens alevantados (revoltados)

Andou este índio muito tempo debaixo da água, e não o achando se veio para cima a tomar fôlego e a descansar

Ver Artigo
De como Anchieta foi feito Provincial

Padre Geral Everardo Mercuriano nomeou-o Provincial 

Ver Artigo
De como o Padre Anchieta continuou a conversão dos índios

Era muito amado pelos Índios pela sua brandura com que procurava o bem de suas almas

Ver Artigo
Do fruto que Nosso Senhor tirou do seu cativeiro

A primeira foi de um menino que, por não ser legítimo, uma velha sua avó o enterrou vivo

Ver Artigo
De como Anchieta leu (ensinou) latim

Obreiros que trabalhariam nesta grande vinha do Senhor, da conversão dos naturais da terra

Ver Artigo