Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Ano de 1774 - Por Basílio Daemon

Ladeira das Sete Voltas, monumento construído em 1774

1774. Neste ano são feitas no Convento da Penha grandes obras, dando-se maiores dimensões ao convento, reconstruindo-se a casa chamada dos peregrinos e do banquete, fazendo-se o calçamento da ladeira das sete voltas, construindo-se a Capela do Senhor do Bom Jesus e os muros ao lado da mesma ladeira. Foi nesta época que se pôs aquele convento e suas dependências no estado em que hoje se acham, parecendo só terem-se concluído aquelas obras dois anos depois.(285)

 

Nota: 1ª edição do livro foi publicada em 1879
Fonte: Província do Espírito Santo - 2ª edição, SECULT/2010
Autor: Basílio Carvalho Daemon
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2019

 

Convento da Penha

A investida frustrada dos holandeses

A investida frustrada dos holandeses

No tempo das conquistas holandesas, a Capitania do Espírito Santo sofreu diversos assaltos. Tanto em 1625 como em 1643, os portugueses saíram vencedores

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

O Convento da Penha – Por Maria Stella de Novaes

Peregrino, contempla o augusto monumento  da terra capixaba. Ali, vive a rezar, em hosanas de glória, ou rudez do tormento, o coração de um povo!

Ver Artigo
História da Festa da Penha

A Festa da Padroeira dos capixabas sempre foi o principal acontecimento religioso de Vila Velha. Segundo a Lei nº 7, de 12/11/1844, o dia da Festa da Penha passou a ser considerado feriado em toda a Província do Espírito Santo

Ver Artigo
A Festa da Penha

Segundo o historiador, já no século XVII, existia hospedagem para romeiros. Frei Basílio cita Gomes da S. Neto, historiador (1888)

Ver Artigo
A Festa da Penha

A primeira Festa da Penha foi realizada ainda em vida de Frei Pedro Palácios. Escolheu ele a segunda-feira depois da dominga de Pascoela, dia consagrado à devoção franciscana de Nossa Senhora dos Prazeres

Ver Artigo
As Festividades da Penha – Por Heribaldo Lopes Balestero

Gottfrio Alberto Anders prestou homenagem à memória de Frei Pedro Palácios, inaugurando-lhe a estátua na praça fronteira ao pórtico, na Prainha

Ver Artigo