Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Artigo do jornal O PHAROL (de 1925)

Vista da reserva de mata atlântica mencionada na matéria do Jornal O Pharol - Acervo: Gether Lima

O pharol
Jornal Independente.
ANO II Cidade do Espírito Santo, 9 de Março de 1925 N. 7
DIRETOR: Miguel Aguiar
GERENTE: Alvino Simões
Semestre............3$500
Trimestre............2$000

 

A CAIPIRADA EM ACÇÃO

Existia nas proximidades da casa de residência do ilustre jurisconsulto Ferreira Coelho, nesta cidade, uma belíssima árvore, cheia de musgos em longas tranças pendentes de sua farta ramagem, que, na opinião de nossos antigos e modernos habitantes, era um atestado glorioso do que foi a nossa floresta há séculos atrás e da fertilidade do nosso solo.

O vandalismo, a falta de amor a natureza e a ignorância induziram os nossos caipiras a derrubá-la com a aquiescência criminosa do proprietário do terreno.

Não houve também, infelizmente, no momento quem advertisse aos nossos impiedosos lenhadores de capoeira que o tronco, que tão furiosamente golpeavam na ânsia de vê-lo tombar estrepitosamente, era o depositário dos queixumes e alegrias, dos planos guerreiros dos nossos famosos indígenas, que fugiam aos meandros das grutas da Penha, quando mais forte, mais intensa e heróica se tornou a luta dos nossos destemidos missionários da instrução e civilização.

Ainda hoje grande é o numero de pessoas que comentam, indignadas a selvageria de “nossos fazedores de deserto”.

Abaixo transcrevemos, de uma das primorosas produções do grande literato patrício Coelho Neto, poder-se-á avaliar o crime praticado pelos inconscientes devastadores de nossa floresta.

“A cerimônia que realizais com tão lidas hóstias verdes, infantes anunciadores da renascença florestal, é o culto da Terra criadora e a mesma árvore que plantais, crescendo, alteando a fronde, vos levará os olhos para as alturas como a ensinar-vos o caminho da Graça. As suas raízes são da terra, como nosso corpo mas suas franças são do Céu, como nossa alma. Fazei com elas o que Deus fez convosco; dai-lhes o vosso amor e elas responderão com a Força, com Fertilidade, com a Saúde, os três aspectos da Beleza ideal, que é o Amem das árvores agradecidas”.

Que o exemplo não venha a ser imitado por outros tantos vândalos que por aqui perambulam, são os votos que fazemos.

Observação: Somente o nome do jornal “Pharol”, e o título do artigo “a caipirada em acção”, mantiveram a ortografia original.

 

Artigo de Miguel Aguiar, publicado no Jornal "O Pharol" em 1925
Transcrito por: Edward A. D’Alcantara,2011 

Ecologia

Cientista Augusto Ruschi

Cientista Augusto Ruschi

Uma vez passou um carnaval inteiro atrás de uma formiga. Havia uma formiga preta que a gente encontra na mata sempre sozinha. Mas ele achava que essa formiga não mora sozinha e sim com outras companheiras

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Do coco nada se perde!

O coco é utilizado para diferentes tipos de pratos culinários, a água de coco é sempre lembrada para matar a sede, além de ser um eficiente soro hidratador, podendo ser usada como auxiliar no tratamento de doenças infantis e de organismos debilitados

Ver Artigo
Respeito ao Meio Ambiente

Aproveitando o Dia Mundial do Meio Ambiente, nós do site Morro do Moreno temos a obrigação de ajudar a divulgar algumas dicas de educação ambiental. Para ler e praticar, combinado?

Ver Artigo
Um grito ecológico em 1925

Existia nas proximidades da casa de residência do ilustre jurisconsulto Ferreira Coelho, uma belíssima árvore, que era um atestado glorioso do que foi a nossa floresta há séculos atrás 

Ver Artigo
Dia Mundial do Meio Ambiente

O meio ambiente e a ecologia passaram a ser uma preocupação em todo o mundo, em meados do século XX. Porém, foi ainda no séc. XIX que um biólogo alemão, Ernst Haeckel (1834-1919)

Ver Artigo
Biodiversidade

O pensamento ambiental moderno diz que é preciso parar de tentar dominar a natureza e passar a interagir com ela, medindo as conseqüências ambientais de nossos atos. Não mais o homem contra a natureza, mas o homem com a natureza, ao lado dela.

Ver Artigo