Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

As Ruínas do Convento

Subindo os degraus do convento, logo após o patamar do Museu e da Sala dos Milagres, um portão no muro mostra uma surpreendente paisagem: Vila Velha na altura da Praia da Costa, a vegetação atlântica, a subida da ponte que liga o município a Vitória e logo ali, aos pés do visitante, uma área gramada com ruínas.

Uma surpresa que intriga. Poderiam ser ruínas de uma antiga ermida. Mas os pilares de pedra que restam, sustentaram a casa dos escravos do Convento.

Entrando nessa área reservada - o que é privilégio apenas dos padres que moram ali - o passado parece aflorar com facilidade. As singelas flores amarelas que brotam próximo às ruínas dão mais encanto ao lugar. A casa dos franciscanos qproveitou parte da estrutura remanescente que fica mais ao lado, onde um antigo tanque de pedra lembra a pia batismal que está em exposição no museu.

Olhando as ruínas e fechando os olhos, é como se a visita acontecesse nos séculos XVI, XVII.

Fonte: Nossa Senhora da Penha - Padroeira do Espírito Santo, 2005.
Autora: Sandra Medeiros

Convento da Penha

O Convento da Penha – Por Maria Stella de Novaes

O Convento da Penha – Por Maria Stella de Novaes

Peregrino, contempla o augusto monumento  da terra capixaba. Ali, vive a rezar, em hosanas de glória, ou rudez do tormento, o coração de um povo!

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

O Convento da Penha - O maior símbolo do Espírito Santo

CONSIDERANDO que a Assembléia Constituinte de 1947, manifestou-se pelo respeito fiel à tradição desses símbolos; CONSIDERANDO que o Instituto Histórico e Geográfico do Estado, assim igualmente, se pronunciou

Ver Artigo
Visitas ilustres ao Convento

No passado, o Convento registrou como principal visita, a presença de Sua Majestade, o Imperador Dom Pedro II e da Imperatriz Dona Teresa Cristina. Leia mais!

Ver Artigo
Ano de 1774 - Por Basílio Daemon

Fazendo-se o calçamento da ladeira das sete voltas, e os muros ao lado da mesma ladeira 

Ver Artigo
Origem do nome Convento da Penha

Nossa Senhora da Penha era o cognome da Nossa Senhora dos Prazeres ou das Alegrias, amplamente venerada pelos fiéis que cultuavam Maria Santíssima

Ver Artigo
Visitantes Ilustres do Convento da Penha – Os Primeiros (Parte I)

Outras personagens lá estiveram e entre elas a própria Dona Luísa Grinalda, que, como Governadora da Capitania

Ver Artigo