Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Assembleia Provincial

Brasão do Império (1822-1847)

Após o Ato Adicional, o primeiro resultado prático da independência do Brasil, para as Províncias, foi indubitavelmente, a instalação das Assembleias Legislativas, eleitas pela soberania popular. No Espírito Santo o fato ocorreu no dia 1º de fevereiro de 1835. Teve pompa religiosa e cívica. Pela manhã missa votiva e sermão, provavelmente, na Igreja Santiago, pregado pelo Padre Dr. João Clímaco de Alvarenga Rangel – deputado eleito e homem de grande envergadura intelectual e política. A população capixaba fazia sua experiência democrática. Não havia, propriamente dito, partidos políticos. Havia nomes a prestigiar. A Assembleia se compunha de vinte e cinco deputados, dos quais seis sacerdotes, destacando-se, além de João Clímaco, os Padres Luiz da Silva Alves de Azambuja Suzano e Fraga Loureiro.

Indubitavelmente, constituíam a elite intelectual capixaba. Três militares, cujos serviços na vida pública os nobilitaram e lhes abriram largo crédito no conceito provincial: Coronéis José Francisco de Andrade e Almeida Monjardim, Inácio Pereira Duarte Carneiro e Sebastião Vieira Machado, fazendeiro e dono de Araçatiba.

 

Fonte: Biografia de uma Ilha, 1965
Autor: Luiz Serafim Derenzi
Compilaçâo: Walter de Aguiar Filho, outubro/2012

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Viajantes Estrangeiros ao ES – Auguste François Biard

Na relação dos principais viajantes estrangeiros ilustres que estiveram em nosso país, no segundo meado do século dezenove, sem muito destaque, inclui-se o nome do pintor francês — Auguste François Biard

Ver Artigo
Viajantes Estrangeiros ao ES – Jean-Jacques de Tschudi

"No dia seguinte, a comitiva regressou a Vitória, onde o presidente Sousa Carvalho já havia providenciado uma canoa grande e cinco remadores, escravos, para subirem o curso caudaloso do rio Santa Maria, até a colônia de Santa Leopoldina"...

Ver Artigo
Palácio das Águias

A Barra do Itapemirim, em Marataízes, é um antigo núcleo de povoação fundado no ano de 1771 pelos portugueses 

Ver Artigo
Festival de Verão de Guarapari Janeiro 1971

A ideia tinha partido de dois jornalistas, Antônio Alaerte e Rubens Gomes Filho

Ver Artigo
Mais nomes curiosos de ruas de Vitória

RUA DO FOGO ou CARAMURU - Foi conhecida por Ladeira do Quebra-Bunda, pois com leito em pedra, muito íngreme e sempre molhada por infiltrações, era bastante escorregadiça

Ver Artigo