Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Aventura e Orquídeas

Orquídea

O finalzinho das férias e o clima de festa em Domingos Martins, cidade serrana do ES, que reina por conta do Festival de Música, neste julho de 2008, deixam praticamente imperdível o desejo de dar uma passadinha por lá. E, para sair do lugar comum, vá de aventura no topo das árvores e orquídeas.

A Reserva Kautsky, em Domingos Martins, oferece Mata Atlântica preservada, ar puro, espécies raras de orquídeas, aventura e uma bela vista de Vitória, Vila Velha e Terceira Ponte.

Para os que gostam de esportes radicais, é possível praticar arvorismo na reserva - uma travessia feita entre plataformas montadas no alto da copa das árvores. O esporte é realizado com segurança por profissionais do Instituto Emoções Radicais.

Há ainda, o famoso orquidário, criado por Roberto Anselmo Kautsky, que ficou conhecido mundialmente por ter enviado 1.8 mil espécies da planta para serem catalogadas. Aliás, 113 espécies de orquídeas e bromélias receberam o nome do "Senhor das Orquídeas", um recorde reconhecido por especialistas de todo o mundo.

Para conhecer a reserva, é preciso ligar e agendar uma visita pelo telefone (27) 3268-2300. O Instituto fica na rua Senador Jefferson de Aguiar, nº 27, no centro de Domingos Martins e funciona das 8 às 17h.

Para praticar arvorismo, cada pessoa, tanto adulto como criança, paga R$ 30,00. O único pré-requisito para as crianças é ter acima de 1,20 metros de altura. Quem se interessar pelas atividades deve ligar para o Emoções Radicais: (27) 3268-265 para agendar o passeio.

Fonte: A Gazeta, 07/2008



GALERIA:

📷
📷


Aventura

Tomaz Cavendish - Por Norbertino Bahiense

Tomaz Cavendish - Por Norbertino Bahiense

O que se sabe, entretanto, é que ele se deu com os holandeses, numa das suas investidas ao famoso Convento e não com o célebre Cavendish

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

O Caboclo Bernardo (Parte I) - Por Rubem Braga (1949)

Parece que não tinha nenhum sangue europeu; era apenas um índio, com seu nome cristão de Bernardo José dos Santos

Ver Artigo
O Caboclo Bernardo (Parte II) - Por Rubem Braga (1949)

Aos 55 anos de idade foi assassinado a tiros de garrucha por um outro caboclo chamado Lionel, que estava cheio de cachaça

Ver Artigo
Em busca do ouro (Morro da Concha - Barra do Jucu, ES)

Charles Baffet. "Viveu como um tatu”, inventando mil estratégias para achar o butim -, para ele, até hoje escondido em torno do Morro da Concha, na Barra do Jucu

Ver Artigo
Na rota dos tesouros

Navios afundados e riquezas soterradas despertam interesse de aventureiros no ES

Ver Artigo
Um amor que vai durar (e durou) para sempre

Fugindo da ditadura Militar, em 64, ele foi obrigado a permanecer na cidade porque o dinheiro acabou antes da hora

Ver Artigo