Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Barão de Itapemirim

Trapiche em Itapemirim, cujo primeiro proprietário foi o Barão de Itapemirim.

Joaquim Marcelino da Silva Lima era paulista, filho do Alferes Joaquim José da Silva e Ana Fernandes. Nasceu entre 1779 e 1780 e chegou ao Espírito Santo em 1802.

Recebeu o título de barão do imperador Dom Pedro II na década de 1840. Entre 1834 e 1858 ocupou por oito vezes o cargo de Vice-Presidente da Província e por várias vezes assumiu interinamente a função de presidente da Província.

Sua riqueza era extensa. Possuía dois navios para navegação costeira (de cabotagem), um porto dentro de sua fazenda e um grande depósito para embarque e desembarque de mercadorias, o Trapiche, localizado na Barra de Itapemirim e atualmente em ruínas.

Suas terras seguiam do litoral ao interior do Estado até a cidade de Mimoso do Sul. Cachoeiro de Itapemirim, que na época já começava a se desenvolver na região, ficava dentro de sua área de domínio. Ele morava em um palácio.

Sua atividade agrícola era a cana-de-açúcar, mas também ganhava muito dinheiro como mercador de escravos, sendo considerado o maior do Estado pelos historiadores. Outra fonte de renda era o desmatamento e a venda de árvores.

O poderio econômico e político o transformou em um homem muito influente em todo o Estado e país. Há ruas com o nome Barão de Itapemirim em Cachoeiro, Vitória e no Rio de Janeiro, na época capital do país.

Passou por dois casamentos. No primeiro, com Francisca do Amaral e Silva, teve dois filhos. A segunda mulher, Leocádia Tavares da Silva Lima, lhe deu outros oito filhos.

Fonte: Jornal A Tribuna (06/04/2008).

Links Relacionados:

>> Ouro e Açúcar 
>>
 
Palácio das Águias
>>
 
Engenhos de açúcar no ES
>> Barão de Timbuí 
>> Nobreza Capixaba 
>> Cachoeiro de Itapemirim

Personalidades Capixabas

Augusto Ruschi

Augusto Ruschi

Augusto Ruschi nasceu em Santa Teresa, em 13 de dezembro de 1915, uma pequena cidade de colonização italiana nas montanhas do Espírito Santo

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

José Luiz Pipa Silva: a gozação - Por Sérgio Figueira Sarkis

José Luiz Pipa Silva, ou Pipa, como todos o tratavam, era de rara inteligência

Ver Artigo
Jayme Fernandes Figueira - Por Sérgio Figueira Sarkis

Ficou em Recife até 1925, quando o destino o fez encontrar o senhor Anthenor Guimarães

Ver Artigo
O Dial Capixaba – Por Maria Lúcia da Silva

Nessa conjuntura, nasceu em Vitória a primeira emissora em freqüência modulada, a Cariacica FM, inaugurada em 1975 

Ver Artigo
O Tribunal de Contas – Por Eurico Rezende

Cogitada desde o início do Império, a criação de um órgão de controle orçamentário e financeiro só se verificou em 1890, mercê do gênio de Ruy Barbosa

Ver Artigo
Liberalismo e Solidarismo – Por Eurico Rezende

Estão registrados, quer em passado remoto, quer em época recente, antes de encerrar minha carreira eleitoral

Ver Artigo