Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cachaça Thimotina - Agroturismo Cultural

Cachaça Thimotina - Fundada em 1915, por Francisco Thimóteo Dias

Fundada em 1915, por Francisco Thimóteo Dias, a Thimotina é considerada entre os apreciadores, uma das cachaças de maior qualidade do Brasil.

A cana utilizada em seu processo de fabricação é sempre fresca e criteriosamente selecionada.

A colheita manual evita que a cana não sofra nenhum tipo de queima, o que comprometeria a sua qualidade.

A fermentação é natural, sem adição de produtos químicos.

O processo de destilação é feito em alambique de cobre, que catalisa importantes reações no processo. Da destilação, a “cabeça” e a “cauda” são eliminadas, aproveitando-se somente a parte nobre do destilado, chamada de “coração”.

Seu amadurecimento é processado em barris de carvalho, que oferecem à cachaça um bouquet especial, com aroma e sabor deliciosamente apurados.

A Cachaça Thimotina é reconhecida em todo o país pelo sabor, aroma e qualidade requeridos pelos mais exigentes paladares.

 

Um sabor bem Brasil.

 

Fonte: Cachaça Thimotina: Dias & Soares Ltda - Estrada da Floresta km 1,5 Afonso Cláudio - ES, Brasil (fone:27-3735-1343) 



GALERIA:

📷
📷


Variedades

Mercados de Vitória – Vila Rubim

Mercados de Vitória – Vila Rubim

Há duas maneiras de se ir ao mercado. A mais prosaica é “ir de compras”: cesta na mão, bolsa preta pendurada no ombro com o dinheiro grosso e o trocado

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Ano de 1588 e 1589 - Por Basílio Daemon

A viúva, D. Luíza Grinalda, continuou a residir em sua fazenda na então Vila Velha, a qual era junto ao monte Moreno

Ver Artigo
Anos de 1575,1576,1577,1578,1580,1582 e 1584 - Por Basílio Daemon

O padre José de Anchieta, que estava nesta então capitania, e já promovia a fundação de outras casas religiosas, como a de Benevente, Reritiba, em 1569

Ver Artigo
500 Anos de Cantoria

Provavelmente entre 1549 e 1551, Francisco De Vaccas, o chefe da Alfândega do donatário Vasco Fernandes Coutinho, destacou-se entre os nativos pelo seu talento musical

Ver Artigo
Jerônimo Monteiro - Capítulo X

O Presidente do Estado, Jerônimo Monteiro e correligionários após a entrega do cemitério de Santo Antônio à Prefeitura Municipal de Vitória (1912). APEES — Coleção Jerônim o Monteiro

Ver Artigo
Jerônimo Monteiro - Capítulo VII

No Anchieta. O Presidente Jerônimo Monteiro despacha com o Diretor de Agricultura, Terras e Obras, Antônio Francisco de Athayde, e o Secretário Geral de Estado, Ubaldo Ramalhete Maia, 1912

Ver Artigo