Censo de Vila Velha em 1920

Editor: Roberto Abreu - publicada: 09/02/2011

Nesse ano foi realizado Censo quando era Prefeito o Engº Antonio Francisco de Athayde, e na época era atribuição municipal. O resultado foi o seguinte, obtido por Agentes recenceadores que percorreram o município:

1ª Zona – sede do município, e subúrbios (Prainha, Inhoá, Maxambomba, Apicum do Poço, Toca, Jaburuna, Aribiry e Glória) levantado pelo sr. João Barbosa Simões Guerra; 2.178 habitantes e 322 casas.

2ª Zona – Argolas, Paúl, Coby, Marinho, levantado pelo Sr. José Rocha; 1.977 habitantes e 397 casas.

3ª Zona – Barra do Jucú, Itapuera, Quariquara, Sacy e Cueiras, levantado pelo Sr. Joaquim Ribeiro Araripe; 405 habitantes e 109 casas.

4ª Zona – Jaguarussú, Zenza, Itapebuna, Moendas e Sítios, levantado pelo Sr. Rufino João de Carvalho; 252 habitantes e 56 casas.

5ª Zona – Ponta da Fructa, Camboapina, Pindahibas, Retiro e Jabaetê, levantado pelo Sr. Florêncio Pinto de Queiroz Total: 5.532 habitantes e 1.022 casas.

Havia no município 3 estabelecimentos industriais para beneficiamento de café, arroz e outras mercadorias. Uma usina de beneficiar areias monazíticas, de capacidade de 30t mensal, mas desativada. Uma fábrica de tijolos (capacidade de 20 mil unidades por dia) e ainda de telhas, ladrilhos, e manilhas. Duas fábricas de cal de conchas. Uma fábrica de sabão (Nova Holanda) – ruínas vistas no canal de Vitória, perto da Cruz das Almas no lado de Vila Velha. Uma fábrica de tamancos em Aribiry. Uma fábrica de balas (mil latas de balas/por mês) – eram balas açucaradas principalmente vendidas em latas ; e essa fábrica foi anterior a que H.Mayerfreund fundaria em 1929).Uma fábrica de bebidas em Argolas.

Já tinha ainda o município duas estações terminais de linha férrea, a da Leopoldina Railway e da Victoria a Diamantina, ambas em Argolas. Uma linha de bonde elétrico, de 7,5km, da Sede até Paul, com uma estação em Aribiry, e diversos pontos de embarques e desembarques de passageiros.

Tinha 39 estabelecimentos rurais. E a criação apurada era a seguinte: Gado vacum 2.640 cabeças. Cavalos e muares 1.025 cabeças. Carneiros e ovelhas 1.010 cabeças. Caprinos 1.180 cabeças. Suínos 435 cabeças. Vias rodoviárias, eram duas estradinhas carroçáveis, muito estreitas e precárias, mantidas pelo município, uma pelo litoral em direção ao sul, e outra a “estrada velha”, ligando Argolas à Sede.

Autor: Roberto Brochado Abreu – membro da Casa da Memória de Vila Velha Fonte : relatório de Antonio Francisco Athayde, referente ao biênio 1920/1921.
Material postado em fev/2010.

Publicidade