Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cesan participa ativamente - Santa Teresa, Fundão e Serra

Estação de Tratamento de Esgoto em Santa Teresa - Cesan

A Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan) atua no comitê provisório das regiões hidrográficas dos rios Jacaraípe, Reis Magos, Riacho e Piraqueaçu e em ações de preservação ambiental.

No último dia 27, um representante da companhia foi eleito vice-presidente da diretoria provisória do comitê, que está em processo de criação.

A participação da empresa é estratégica para o uso futuro do rio Reis Magos no abastecimento de água da Grande Vitória. Também em março deste ano, a empresa apoiou a VII Descida Ecológica da Lagoa Juara, como tem feito com tantos outros rios.

Além disso, a Cesan investe em tratamento de esgoto em três municípios cortados por esses quatro rios. São eles: Santa Teresa, Fundão e Serra.

Dessa forma, contribui para a diminuição da degradação dos recursos hídricos. Na Serra, está em andamento as obras do Programa Águas Limpas, para a implantação do sistema de esgotamento sanitário de Manguinhos e Nova Almeida/Praia Grande, no valor de R$ 20 milhões.

A companhia ainda investirá na implantação do sistema de esgotamento sanitário dos bairros Serra-Sede, Santo Antônio, Roncador, Colina da Serra, São Marcos, Cascata e São Francisco, num total de cerca de R$ 19 milhões.

Em Santa Teresa, a Cesan planeja investir R$ 113 mil na construção de quase mil metros de redes coletoras de esgoto até 2008.

De 2003 a 2005, a empresa aplicou quase R$ 6 milhões na implantação de 27 mil metros de redes coletoras de esgoto, construção de cinco elevatórias, duas estações de tratamento de esgoto e 1.147 ligações prediais de esgoto, beneficiando 7.891 habitantes e reduzindo a poluição no rio Timbuí, que está bem degradado.

Rios têm poucos afluentes

As bacias hidrográficas dos rios Jacaraípe, Reis Magos, Piraqueaçu e Riacho apresentam uma característica peculiar se comparada com as demais unidades hidrográficas do Estado: possuem poucos afluentes.

“Enquanto na maioria das bacias temos o que chamamos tecnicamente de perfil de padrão dendrítico de drenagem, ou seja, quase que uma árvore de drenagem, nessa área os rios se posicionam de modo paralelo. Assim, a formação de afluentes é restrita, quase inexistente”, explica o analista de Meio Ambiente em Recursos Hídricos do Iema, Robson Monteiro.

Outras características são a alta pluviosidade (muita chuva), que em média atinge 1.300mm por ano, e o fato das nascentes estarem em porções mais altas, o que é um fator positivo para a preservação dos mananciais.

“As partes planas das bacias estão em regiões litorâneas e as nascentes, normalmente, em áreas altas. Se considerarmos o Piraqueaçu, a sua nascente está em Santa Teresa. O rio Jacaraípe não tem sua nascente numa região de relevo tão alto, mas também não está em área de planície”, frisou o gerente de Recursos Hídricos do Iema, Fábio Ahnert.

 

Fonte: A Tribuna, Suplemento Especial Navegando os Rios Capixabas – Rios Riacho, Rio Piraqueaçu, Rio Reis Magos, Rio Jacaraípe - 12/08/2007
Expediente: Joel Soprani
Subeditor: Gleberson Nascimento
Colaborador de texto: Anderson Cacilhas
Diagramação: Carlos Marciel Pinheiro
Edição de fotografia: Lucia Zumash
Compilação: Walter de Aguiar Filho, setembro/2016

Rios do ES

Força do rio movimenta a economia – Rio Doce

Força do rio movimenta a economia – Rio Doce

A bacia do rio Doce em toda a sua extensão é berço de atividades econômicas de importância nacional e internacional

Pesquisa

Facebook

Matérias Relacionadas

Quatro rios - Riacho, Piraqueaçu, Reis Magos e Jacaraípe

Riacho, Piraqueaçu, Reis Magos e Jacaraípe passam a integrar a Unidade Hidrográfica Litorânea Central do Estado

Ver Artigo
Berçário para as tartarugas marinhas – Rio Riacho

Região da bacia hidrográfica do rio Riacho é uma das áreas preferidas para a desova dos animais, que estão ameaçados de extinção

Ver Artigo
Predomínio de eucalipto e indústrias – Quatro Rios

Na região que envolve os rios Riacho, Piraqueaçu, Reis Magos e Jacaraípe, a cultura do eucalipto se sobressai. Há também pólos industriais

Ver Artigo
Um manguezal diferente – Rio Piraqueaçu

O estuário do rio Piraqueaçu, localizado numa fenda geológica, é rodeado de morros e atrai riqueza animal inigualável

Ver Artigo
Rio Piraqueaçu tem estudo inédito

Uma pesquisa, que inclui o Jacaraípe, vai mostrar como é a relação de interferência entre o rio e o mar

Ver Artigo
Santa Cruz, a vila dos imigrantes

A vila de Santa Cruz, em Aracruz, foi o primeiro ponto no litoral a receber italianos que chegaram ao País em busca de dias melhores

Ver Artigo