Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cine Aterac

Cine Aterac - Acervo da Família Caretta

Denominação: CINE ATERAC

 

Localização: Localizado no Bairro Ibes

Inauguração: Década de 1960

Acervo das fotos: Família Caretta

Período de funcionamento: 1965-1983.

Proprietário: Aterac - Empresa de Cinemas Ltda pertencente à família Caretta

 

História


A história do cinema no Espírito Santo começa em 1907, ano que ocorreu a primeira apresentação no Éden Cinema, de acordo com o "Jornal Official". Atualmente no local funciona o Teatro Glória. Sendo assim a primeira exibição no formato que conhecemos hoje, completou um século em 2007. 
Durante a era de ouro do cinema, principalmente nas décadas de 50 a 70, chegaram a funcionar 22 salas de exibição na Região Metropolitana da Grande Vitória. Algumas delas das famílias: Abaurre, Caretta e Rocha, que auxiliarem a exposição com documentos e fotos.

Memórias

O trabalho no resgate da história do cinema está aberto para doações de periódicos, fotos, e depoimentos pelo e-mail malverdes@gmail.com, a fim de enriquecer a exposição, que busca além de informar o público, auxiliar os estudantes nos trabalhos de pesquisa sobre o passado cinematográfico do Espírito Santo.

A mostra coordenada por André Malverdes tem apoio cultural do Arquivo Público do Espírito Santo, Associação dos Arquivistas do Estado do Espírito Santo (AARQES), Metrópolis Cineclube, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Arquivo Nacional e Rima Comunicação Estratégica.

Serviços

Informações com André Malverdes: agendamento de palestras, exposições, lançamentos e contribuições a pesquisa.
(27) 9907-5955
malverdes@gmail.com

 

Compilação: Walter de Aguiar Filho, janeiro/2012



GALERIA:

📷
📷


História do ES

Mais nomes curiosos de ruas de Vitória

Mais nomes curiosos de ruas de Vitória

RUA DO FOGO ou CARAMURU - Foi conhecida por Ladeira do Quebra-Bunda, pois com leito em pedra, muito íngreme e sempre molhada por infiltrações, era bastante escorregadiça

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

As guerras imperiais e seus reflexos no Espírito Santo – Por João Eurípedes Franklin Leal

O Ururau era em brigue de transporte, armado com seis bocas de fogo, que próximo a barra da baía de Vitória combateu por hora e meia um barco argentino o “Vencedor de Ituzaingu”

Ver Artigo
O recrutamento do Ururau - 1827

Gravíssimo incidente abalou o Espírito Santo quando da passagem, pelo porto de Vitória, do brigue de guerra Ururau, em 1827

Ver Artigo
Finda o Governo do Primeiro Donatário - Por Mário Freire

Confiou o governo a Belchior de Azevedo, como Capitão, com os poderes e a jurisdição que o donatário exercera: firmou esse ato na "vila de N. S. da Vitória"

Ver Artigo
Daemon dedicou seu livro ao imperador, D. Pedro II

É, Senhor, o fruto de um trabalho aturado, feito e publicado sob nossas únicas expensas, e que, com dificuldade e sacrifício o concluímos

Ver Artigo
As expedições e as suas conclusões - Por Estilaque Ferreira dos Santos

Não se pode deduzir que antes desta doação a capitania já teria sido “descoberta” e explorada pelos navegantes portugueses

Ver Artigo