Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Cine Eden

Cine Eden

Denominação: CINE EDEN

Localização: Praça Costa Pereira, Centro, Vitória.

Inauguração: 13 jan. 1907.

Capacidade: 150 lugares.

Período de funcionamento: 1907-192_.

Exibidor: Companhia Camões & Mayo.

 

Histórico: O primeiro cinematógrafo, no formato que conhecemos, que se tem registro em Vitória foi o Éden Cinema, da companhia Camões e Mayo, inaugurado em 13 de janeiro de 1907. O Éden Parque possuía algumas atrações para seus clientes: eles podiam beber, jogar, e ouvir um piano, pequenas orquestras tocando óperas ou valsas e algumas vezes cinematógrafos. Era também ponto de encontro para discutir política, negócios ou apenas para conversar. O local era freqüentado principalmente por homens. Podemos dizer que a sétima arte no Espírito Santo, de forma regular, teve início com a inauguração dessa sala. Mobilizou no primeiro momento um público, cujo acesso era estimulado pelo baixo preço da entrada, os filmes exibidos eram mudos e do tipo documentário.

 

Fonte: Memórias Fotográficas – A História das Salas de Cinema de Vitória. Vitória, 2011
Autor: André Malverdes
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2011

 

Nota sobre o desenvolvimento da pesquisa coordenada pelo Professor André Malverdes
 

Descrição: O acervo documental referente a "História da Exibição Cinematográfica no Espírito Santo" é uma iniciativa desenvolvida no âmbito de pesquisa pessoal que iniciou no curso de Especialização Lato Sensu, do Departamento de História da UFES no ano de 2000, desdobrada na pesquisa de dissertação no Mestrado em História Social da Relações Políticas do Programa de Pós Graduação em História da UFES e que resultou no livro No Escurinho dos Cinemas: A história das salas de exibição da Grande Vitória. A coleção resultante dessa pesquisa possui um acervo fotográfico composto de XXX documentos, produzidos entre 1907 e 2008, retratando as salas de exibições, seus entornos, inaugurações e interiores. O acervo conta ainda com notícias da imprensa local, cartazes, documentos textuais e entrevistas com ex-proprietários, funcionários e freqüentadores das salas. Os resultados esperados da pesquisa compreendem analisar a história da exibição cinematográfica no ES entre 1979 e 1985, descrever as informações encontradas e realizar a organização dos documentos digitalmente formando um banco de dados sobre o assunto e realizar levantamento dos acervos disponíveis em arquivos públicos e privados referentes a história do cinema no ES.
 

 

Como posso entrar em contato com o Projeto CINEMAES?

Por e-mail:malverdes@gmail.com

Por telefone: (27) 9907-5955 (dias úteis das 10 às 20 horas)



GALERIA:

📷
📷


História do ES

O Quadriênio Jerônimo Monteiro

O Quadriênio Jerônimo Monteiro

Durante o quadriênio Jerônimo Monteiro, o Estado experimentou largos benefícios da ação governamental: abertura de estradas, fomento da produção agrícola, melhoria dos rebanhos bovinos, construção da usina de açúcar de Paineiras

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Invasão das minas do Castelo

Vieram, os sobreviventes, instalar-se na barra do rio Itapemirim, fazendo surgir a freguesia de N. S. do Patrocínio

Ver Artigo
Ensino público depois da segunda metade do Século XVIII

Com a saída dos jesuítas, a capitania ficou desprovida de escolas. Choveram reclamações em Lisboa

Ver Artigo
Censo e Recrutamento - Segunda metade do Século XVIII

Em 1776, a situação militar traria, novamente, ao Espírito Santo, “o Sargento-mór Engenheiro José Antonio Caldas

Ver Artigo
Correios, índios e negros na segunda metade do século XVIII

Em Vitória, irmandade dos pretos e se levantava – por iniciativa deles – a capela de N. S. do Rosário

Ver Artigo
O soldado Santo Antônio

Em 1750, foi concedido o predicamento de paróquia à igreja de N. S. do Rosário, da vila do Espírito Santo

Ver Artigo