Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Dia Mundial do Fotógrafo

Baía de Vitória, foto de Paulo Bonino - Anos 1960

Sabedor que o dia 19 de agosto é considerado o DIA MUNDIAL DO FOTÓGRAFO, quero fazer uma homenagem aos fotógrafos que conheci durante minha vida de músico nas noites.

Em especial ao meu amigo, PAULO BONINO que sempre demonstrou uma admiração pela nossa terra com suas fotografias aéreas de nossa querida cidade e "em memória" aos grandes fotógrafos, admirados por mim, o "Musso" o "Pedro Fonseca" e muitos outros, que lá do "segundo andar" acredito que estejam ainda fazendo fotos e idem a todos que hoje trabalham nessa arte da fotografia.

Nas fotos ao lado, selecionei algumas fotos em preto e branco, do meu grande amigo PAULO BONINO, ("ANOS 60").

Em telefonema, matamos um pouco da saudade de nossos amigos que ainda vivem entre nós, e dos que já partiram.

Pedi autorização para mostrar um "pedacinho" do seu maravilhoso trabalho na arte da fotografia. Tive autorização, o que muito me alegra e agradeço. 

Fato interessante: Há uns 40 anos antes, encontrando eu com o Paulo Bonino, ele me mostrou umas fotos feitas com um filme sensível ao "infravermelho". O resultado na revelação no filme químico foi surpreendente, observem: isto há 40 anos ...

Presto idem uma homenagem no DIA MUNDIAL DO FOTÓGRAFO aos fotógrafos "lambe-lambe" do Parque Moscoso, que ainda me lembro, (eu tinha uns 7 anos), disputando os clientes com suas "máquinas", um "caixote" onde eram revelados os filmes e secados em um varal no mesmo lugar etc etc. Detalhe: Eles eram chamados de "lambe-lambe" pois "lambiam todas as fotos". É que a saliva que nós temos, produz uma reação química que melhora a fixação da imagem... a foto fica bem melhor... (vocês sabiam ?....) curiosidades do dia-a-dia.

Tempos bons ! ! !

É bom recordar.

 

Autor: Edson Quintaes
Compilação: Walter de Aguiar Filho, dezembro/2010 



GALERIA:

📷
📷


Matérias Especiais

Zé Pretinho

Zé Pretinho

Fica ali, exatamente na esquina da Aleixo Neto com a José Teixeira. Do lado de Santa Lúcia. Não tem placa que o identifique. Mas há quarenta anos toda a redondeza cohece o Zé Pretinho

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Posfácio do livro Parabéns Pra Você – Por Cariê Lindenberg

Por fim, o que mais me marca em Maria é a sua determinação, força de vontade e grande fibra

Ver Artigo
Páginas soltas – Por D. Maria Lindenberg

Noventa anos significam uma vida repleta de bons e de maus momentos. De triunfos e de derrotas

Ver Artigo
Depois de Carlos – Por D. Maria Lindenberg

O domingo de 19 de agosto de 1990 deveria ser igual a qualquer outro

Ver Artigo
Em Palácio – D. Maria Lindenberg

Procurei ser amável sem pieguice; elegante, sem os maneirismos da moda; firme sem teimosia

Ver Artigo
O casamento – D. Maria Lindenberg

Sentamos no banco, que rodeava o abacateiro, para apreciar o cair da noite e, pronto, aconteceu: Carlos me deu o maior beijo

Ver Artigo