Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Entrevista com Walter de Aguiar Filho - 05/10/06

Capa do livro Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno

Confira entrevista com o escritor Walter de Aguiar Filho, autor do livro capixaba "Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno". O autor é nascido em Vila Velha e conhece bem os segredos e mistérios que envolvem o Morro do Moreno.

Walter de Aguiar Filho é também presidente da AMAMOR (Associação de Moradores, Amigos e Proprietários do Morro do Moreno), Presidente da ABENC- ES (Associação Brasileira de Engenheiros Civis do Espírito Santo) e Vice-Presidente da Casa da Memória de Vila Velha.

Site: Qual é sua ligação com o Morro do Moreno?
Walter: Meu avô, Miguel de Aguiar, comprou o Morro do Moreno no início do século XX, de uma prima, que – filha única – havia herdado do pai as terras da sede da Fazenda da Costa que pertenceram ao primeiro donatário do ES, onde ele morou e morreu, como também seu filho Vasco Fernandes Coutinho Filho e Luiza Grinalda (esposa de Vasco Filho).

Todos foram donatários e residentes do Moreno, além de Francisco Gil Araújo, que também manteve engenho no local, na Praia do Ribeiro.

Meu pai passou toda sua infância brincando e pescando na Praia do Bananal e eu também reeditei todas essas aventuras na minha infância e até hoje estou envolvido como Presidente da Associação de Proprietários, Amigos e Moradores do Morro do Moreno – AMAMOR – e na Reserva que ainda pertence à Família Aguiar. Estamos criando uma RPPN – que significa Reserva Particular do Patrimônio Natural – junto ao IBAMA, para perpetuar 300 mil metros quadrados de remanescente de Mata Atlântica. Legado deixado por meu avô Miguel.

Site: Sempre teve o desejo de escrever um livro sobre o Morro do Moreno?
Walter: Não, nunca tive, foi uma inspiração repentina, assim que minha esposa Mônica engravidou da Maria Fernanda. Daí minha filha passou a ser a fonte inspiradora desse trabalho.

Site: Porque se dirigiu ao público infanto-juvenil?
Walter: Em homenagem a musa inspiradora, como disse e também para que, resgatando a história do Espírito Santo e de Vila Velha numa aventura, conseguisse conquistar o interesse da garotada pela História, Amizade e Natureza.

 

Site: Você encontrou dificuldades para colocar o livro no mercado?
Walter: Levei 5 anos para finalizar o patrocínio, mas o tempo foi favorável no refinamento do meu trabalho.

Site: Como você vê a cultura capixaba atualmente?
Walter: Acho que todos têm um gigante interior, basta acreditar, ter discernimento e persistência. Isso vale tanto para escrever quanto para pôr o seu produto no mercado.

Não podemos alegar que não há incentivo. Você mesmo empreendendo o seu trabalho a “Cultura Capixaba” não precisa ser entendida como Governo.

Site: Pretende escrever outro livro? Dedicado a esse mesmo público?
Walter: Sim, já está em meus planos uma segunda aventura do menino Krikati, que não será no Morro do Moreno, mas peço paciência, pois não me considero um escritor. Sou Engenheiro Civil.

Site: Onde comprar seu livro "KRIKATI, TIO CLÊ E O MORRO DO MORENO?
Walter: Na Livraria Logos (Centro de Vila Velha e Shopping Vitória), no Sebo Monarquia (Rua dos Correios do Centro de Vila Velha) e em breve na Livraria Biblos (Galeria Anuar Bachour, ao lado do Carone do Centro de Vila Velha).

 

 




GALERIA:

📷
📷


Entrevistas

Entrevista - Diovani Favoreto (Caçadora das Relíquias Capixabas)

Entrevista - Diovani Favoreto (Caçadora das Relíquias Capixabas)

Diovani Favoreto criou uma empresa para descobrir e preservar a memória do Espírito Santo: igrejas, folclores, fotos, registro de nascimentos... Enfim, a identidade capixaba

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Entrevista do ex Interventor General João Punaro Bley (1930-1943) – Parte I

A revolução - Em 4 de Outubro de 1930, tomei conhecimento da eclosão de um levante, de grandes proporções

Ver Artigo
Entrevista do ex Interventor General João Punaro Bley (1930-1943) – Parte II

A Intervenção - Aos 30 anos de idade fui nomeado interventor do Estado do Espírito Santo

Ver Artigo
Entrevista do ex Interventor General João Punaro Bley (1930-1943) – Parte III

A Economia - Encontrei o estado em difícil situação financeira

Ver Artigo
Entrevista do ex Interventor General João Punaro Bley (1930-1943) – Parte IV

A Agricultura - O que o senhor poderia nos contar a respeito da agricultura e especialmente do café, nesse período

Ver Artigo
Entrevista do ex Interventor General João Punaro Bley (1930-1943) – Parte V

Os limites do ES – O senhor teve que enfrentar o problema de limite do Espírito Santo com Minas e com a Bahia

Ver Artigo