Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Espírito Santo assina convênio para Comboios

Regência: Por do sol visto da foz do Rio Doce - 2018

Hoje, segunda-feira, o Governo do Espírito Santo assina convênio com o Estado de São Paulo, pelo prazo de cinco anos, através do qual o Estado terá técnicos especializados para elaborar trabalhos de pesquisas da flora, da fauna e outros relacionados com a preservação dos recursos naturais. Referindo-se à reserva de Comboios, em Linhares, o secretário Paulo Lemos Barbosa informou que "queremos fazer desta reserva o que ela nunca foi anteriormente".

ESCLARECIMENTO

No último sábado, o secretário Paulo Lemos Barbosa esteve às 10 horas mantendo contatos pessoalmente com os moradores da reserva de Comboios, tendo esclarecido quais serão as medidas tomadas pela Secretaria de Agricultura.

A reserva foi criada em 1953. Segundo a Secretaria, a legislação que está sendo utilizada para resolver os problemas de invasão do local, é a do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Na área estão atuando um advogado e técnicos que formam uma comissão indicada pela Secretaria de Agricultura e nomeada pelo Incra.

Falando sobre como se procedeu a invasão da reserva, o secretário Paulo Lemos Barbosa argumentou que "quando a reserva foi criada não havia ninguém no local, mas com o passar dos tempos, as invasões foram ocorrendo, inclusive, sendo algumas legitimadas.

— Temos atualmente — continuou o secretário — 123 ocupantes da área, mas com titulo apenas uns 15. A comissão já fez cadastramento de todo pessoal, vistorias de todas as áreas ocupadas e publicou edital, recentemente, que dá prazo de 60 dias para o pessoal comparecer para julgamento individual de cada caso.

JUSTIÇA

Continuando, Paulo Lemos Barbosa informou poder garantir que "mesmo havendo definição judicial não iremos despejar nenhuma família, sem encontrar alternativas de subsistência para as mesmas. Não sabemos qual será a medida adotada e por isto ainda não sabemos o que será feito com o pessoal. Mesmo os que não tiverem direito a nada não irão ficar desprovidos de atendimento legal. Não será adotada qualquer medida de violência. Faremos um trabalho humanitário".

— Aquelas pessoas que têm um plantio de mandioca em área já desmatada, se for o caso de não terem direito a nada, serão tolerados por um certo período, até que encontrem um local para morar. Não vou querer de forma alguma em um ano de secretaria resolver problemas que existem há mais de 20 anos, de uma hora para outra.

 

— Uma coisa tenho certeza — continuou Paulo Lemos — da maneira como está não pode continuar. Atualmente a reserva está sob controle, com guardas florestais, três postos fiscais e cancelas nas suas estradas". A única coisa que não perdoo a ninguém são as derrubadas — continuou — qualquer pessoa que derrubar uma árvores será punida rigorosamente, dentro dos preceitos legais".

 

Fonte: A Gazeta, Vitória – ES, 17/07/1978
Arquivo: Instituto Jones dos Santos Neves
Compilação: Walter de Aguiar Filho, agosto/2018

Ecologia

Restinga da Barrinha - Um projeto com Nome!

Restinga da Barrinha - Um projeto com Nome!

Que esse trecho da orla da praia, que se estende até a desembocadura do Rio Jucu e a Pedra da Concha seja batizado por um projeto com Nome!

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Cientista Augusto Ruschi

Uma vez passou um carnaval inteiro atrás de uma formiga. Havia uma formiga preta que a gente encontra na mata sempre sozinha. Mas ele achava que essa formiga não mora sozinha e sim com outras companheiras

Ver Artigo
Paisagens de Passagens - Por Rubens Câmara Gomes

A Praia de Camburi sem nenhuma construção também era muito melhor, embora eu tivesse freqüentado pouco quanto ela ainda era virgem. Lembro que o acesso era pela Ponte da Passagem

Ver Artigo
Marinha desmonta o farol de Regência - 1998

Foi iniciado ontem, em Regência, o processo de desmontagem do farol que foi instalado no local em 1888

Ver Artigo
Turismo no Campo - Por Cacau Monjardim em 1975

Nestas propriedades seriam mantidas as tradições que poderiam vir a ser incluídas  na programação e formação de uma rede estadual de turismo rural ou melhor, de turismo-natureza

Ver Artigo
Medidas para ajudar a salvar o Rio Doce

Especialistas sugeriram em encontro o reflorestamento das margens e recuperação de nascentes para preservar o rio

Ver Artigo