Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Iriri - sua origem

Iriri - Carnaval 2007 - Foto: Terê Thomazini

Localizado ao sul do Estado, o mais conhecido balneário de Anchieta, com quatro praias: Costa Azul, Areia Preta, Namorados e Santa Helena, a mais deserta. Antes de se transformar em point, Iriri foi uma fazenda que pertencia às famílias Alberto Alpoim e Jorge Garcia, lembra o hoteleiro Antônio Ferrari. Em 1941, Alpoim vendeu a atual área central de Iriri para Manoel de Paula Serrão, popular Duca Serrão. Foi ele que iniciou a exploração imobiliária. Em 1946 Duca conseguiu a área restante da parte norte de Jorge Garcia.

O topógrafo do Rio de Janeiro, Diógenes de Paula da Costa foi o responsável pelo projeto de urbanização. Duca Serrão escolheu pessoas para comprar os lotes, já que pretendia transformar o local em uma espécie de condomínio.

As primeiras casas foram construídas e na década de 50 a antiga ponte sobre o rio Benevente, que permitiu o acesso ao litoral sul, facilitou a vida dos investidores de Iriri. O primeiro hotel, o Ilmenita, surgiu em 1952, quando se formava o núcleo central de Iriri.

A exploração turística de fato surgiu nos anos 60. O Iriri Praia Clube também, justamente quando o balneário completava 15 anos. O clube, ainda inacabado, abria suas portas para quatro dias de carnaval. A partir daí o carnaval virou tradição. Aos poucos, o número de foliões foi aumentando até chegar ao ponto do clube não comportar tanta gente. E os foliões foram para a rua. A moda pegou e hoje a folia de Momo concentra mais de 100 mil pessoas nas ruas de Iriri.

 

Fonte: Edição Especial de A GAZETA – Municípios do ES - Vitória, 26 de setembro de 1994 
Fotos: Terê Tomazini - Carnaval, 2007
Compilação: Walter de Aguiar Filho, janeiro/2012

 

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Anchieta

 



GALERIA:

📷
📷


Cidades do ES

Marataízes - Por: Ailton Rocha Bermudes

Marataízes - Por: Ailton Rocha Bermudes

No frontispício da antiga estaçãozinha da estrada de ferro Itapemirim, atual rodoviária, está gravado Marathaysis, de uma forma que só uma fantasia ortográfica pretenderia inutilmente justificar

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Iconha: Capital dos caminhoneiros no Brasil - Por Luciana Maximo

A cidade que tem 13 mil habitantes é considerada o município com o maior número de caminhões e carretas por habitantes do Brasil

Ver Artigo
Divisão administrativa do município de Vitória, 1937

São os seguintes limites do município de Vitória

Ver Artigo
Barra do Jucu

Barra do Jucu é um pequeno balneário de Vila Velha, ainda tranqüilo, localizado a 15 quilômetros do centro da cidade, que atrai muita gente por seu alto astral

Ver Artigo
Então Vitória era assim (1908-1912) – Era Jerônimo

Um bonde a tração animal trafegava pela cidade baixa, de Vila Rubim ao Forte São João, passando pelo Largo da Conceição, Ruas do Rosário, Cristóvão Colombo e Barão de Monjardim

Ver Artigo
Itaúnas - Por Adelpho Monjardim

Situada na embocadura de importante rio, na orla marítima, possuidora de magnífico e extenso litoral, cedo desenvolveu-se, tornando-se próspera povoação, com intenso comércio com a Bahia

Ver Artigo