Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Lave a alma nas cachoeiras

O turismo na Região do Caparaó capixaba despontou depois que a portaria de acesso ao Pico da Bandeira, no município de Dores do Rio Preto, foi aberta em 1997 (existe, também, uma do lado mineiro).

De lá para cá, quem visita o lugar se encanta, também, com os municípios do entorno, que vêm trabalhando para oferecer boa infra-estrutura para os aventureiros. Parece que conseguiram, pois o número de visitantes aumentou consideravelmente nos últimos anos.

Hoje, os hóspedes são recebidos pelo sistema “Cama e Café”, onde o turista dorme e se alimenta em casas de proprietários rurais. Mas também já existem várias pousadas, desde as mais rústicas até as mais confortáveis, com detalhes mais requintados. Atualmente, já dá, por exemplo, para apreciar a natureza ouvindo o com de um piano. Onde? Em Pedra Menina.

E a natureza da região, acredite, não deixa a desejar. O local abriga cascatas, com mais de 80 metros de altura, ou córregos, na verdade pequenos filetes de água que surgem com maior intensidade nos tempos de chuva. Resumindo: é impossível fugir das nascentes. E pra quê? O melhor é encarar o frio e mergulhar de cabeça nessa aventura.

Em Ibitirama, por exemplo, o rio vai ziguezagueando pelas pedras, formando um belo cenário, algumas parecem que foram lapidadas à mão. Já as águas dos poços verdes parecem desenhar a comunidade de Pedra Roxa. Tudo bem, o maior desafio é se banhar, afinal é frio de “bater os dentes”. Mas, encare, afinal, estar na região é uma ótima oportunidade para lavar a alma.

 

Fonte: Jornal A GAZETA de 17/06/2007
Foto: Andressa Alcoforado
Conpilado por Walter de Aguiar Filho em 23/02/2011

Cidades do ES

Cidade Presépio: Terra - Por Renato Pacheco

Cidade Presépio: Terra - Por Renato Pacheco

Nas ocasiões solenes, como o réveillon, que ali rompia, à meia-noite de 31 de dezembro, ao toque da orquestra, ao apogeu das luzes, saudando o ano novo com assobios, reco-recos e uma grande, genuína alegria

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Iconha surge de Benevente - Por Luciana Maximo

Era um pequeno povoado, com casas muito simples, feitas de madeira, onde é Piúma, haviam mais pessoas

Ver Artigo
Iconha

O Município de Iconha, localizado na BR 101, região de montanha do ES, teve início nas povoações de Piúma, no vale do rio Orobó, fundadas pelo Padre José de Anchieta

Ver Artigo
Iconha - Crônica de Rubem Braga (1951)

Mas Iconha me encanta pelo seu milagre pastoril. A pracinha é dominada por um morro alto, muito verde, cortado diante de nós por um talude de terra vermelha

Ver Artigo
A política e o coronelismo em Iconha - Por Luciana Maximo

O Jornal conversou com Aldieris Braz Amorim Caprini, que cedeu alguns artigos de sua tese de mestrado que descreve com detalhes a história política do município de Iconha

Ver Artigo
Vila do Riacho - Por Maurilen de Paulo Cruz

A origem da Vila do Riacho se situa em 1800, quando foi instalado um quartel na confluência dos Rio Riacho e Comboios, pelo Capitão-mor Antônio Pires da Silva

Ver Artigo