Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Linhares

Regência, Linhares

Quem visita Linhares entra em contato direto com a natureza. Uma boa dica é fazer um passeio de barco pelo Rio Doce (é só entrar em contato com um dos pescadores locais).

O Rio Doce nasce em Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira, entra no Espírito Santo através de Baixo Guandu e deságua no Oceano Atlântico no distrito de Regência - um percurso de 977 quilômetros.

Além disso, a cidade abriga várias praias. Em algumas delas, as tartarugas marinhas colocam ovos, que são monitorados pelo Projeto tamar. São cerca de 60 dias até o nascimento.

Na divisa de Linhares com Aracruz fica a Reserva Biológica de Comboios, que abriga a maior base do Espírito Santo - todos os dias, às 17:30h, é realizada a abertura dos ninhos (os visitantes podem acompanhar).

Na base, destaque para os tanques com tartarugas marinhas e o museu, cujo acervo inclui cascos e crânios de tartarugas marinhas e sala de vídeo.

A cidade também abriga o maior complexo lacustre da Região Sudeste, são 65 lagoas. Destaque para a Lagoa Nova, a 9 quilômetros da sede, onde é possível tomar banho e pescar. O local possui boa infra-estrutura, com área para churrasqueira, camping e restaurante.

Já a Lagoa Juparanã, a maior em volume d'água no Brasil, localizada a 10 quilômetros da sede, possui duas "praias": a do Minotauro e das Três Pontas. Na primeira, é possíovel fazer um passeio de lancha, pescar e mergulhar. Da segunda, saem os barcos que levam até a Ilha do Imperador, visistada por D. Pedro II em 1860. O passeio dua 2 horas e os barqueiros cobram cerca de R$ 50,00 por pessoa.

No povoado de Regência, a dica é conhecer o farol, que conserva a cúpula do monumento antigo, de 1895. Não deixe de conhecer também a Casa do Congo.

Regência tem ainda uma lojinha do projeto Tamar e o busto de Caboclo Bernardo. Vale a pena conhecer as praias de Povoação, de Pontal do Ipiranga e Urussuquara, próprias para surfar; a da Barra Seca, única oficial de nudismo capixaba; a de Monsarás, cuja praia e lagoa são separadas por um fio de areia; e a de Degredo, indicada para a prática de pesca de arremesso.

Fonte: A Gazeta - 10/01/2007

Links Relacionados:

>> Visita de D. Pedro II ao ES
>> 
Visita de D. Pedro II a Linhares
>> 
Caboclo Bernardo
>> 
Rios do ES
>> Núcleo de norte-americanos no ES 
 
>> O cacau em Linhares  
>> Cultura em Linhares

Cidades do ES

GRÉCIA CAPIXABA

GRÉCIA CAPIXABA

A expressão Grécia Capixaba era usada para qualificar o lugar habitado por pessoas cultas e inteligentes.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Então Vitória era assim (1908-1912) – Era Jerônimo

Um bonde a tração animal trafegava pela cidade baixa, de Vila Rubim ao Forte São João, passando pelo Largo da Conceição, Ruas do Rosário, Cristóvão Colombo e Barão de Monjardim

Ver Artigo
Itaúnas - Por Adelpho Monjardim

Situada na embocadura de importante rio, na orla marítima, possuidora de magnífico e extenso litoral, cedo desenvolveu-se, tornando-se próspera povoação, com intenso comércio com a Bahia

Ver Artigo
Roteiros de Guarapari

Três Praias: São consideradas as mais bonitas do balneário. A entrada é através de área particular e atualmente está fechada. As únicas formas de acesso a elas são através da Praia dos Adventistas ou de embarcações. 

Ver Artigo
Guarapari - Curiosidades

No início dos anos 30, a área central de Guarapari contava com cerca de 240 casas. Em 1942 foi construída a primeira casa veranista por Joaquim Gonçalves, apelidado de “Papai do Céu”

Ver Artigo
A Origem do nome Siribeira Clube de Guarapari

Árvore Siribeira, árvore - símbolo que o vendaval inclinou, como numa reverência, sem abater, contudo, através do tempo. Palavras de: Heliomar Carneiro da Cunha, no alvorecer do Siribeira Clube

Ver Artigo