Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Luxemburgueses

Santa Leopoldina, 1876

Os luxemburgueses foram aqueles que mais se movimentaram pela região de Santa Leopoldina.

Eles chegaram ao Espírito Santo por volta de 1859. Muitos deles se dirigiram para Campinho (hoje Domingos Martins).

Mas nem o clima, nem a beleza das regiões montanhosas foram suficientes para reter os luxemburgueses.

Mesmo antes da crise do café, na década de 30, deixaram Santa Leopoldina e Domingos Martins em busca de centros maiores. Poucos permaneceram na região de Santa Leopoldina. Os Reisen, destacados comerciantes, deixaram inúmeras referências históricas. Foram honrados trabalhadores, negociantes prósperos.

Um luxemburguês, cujo nome era Florêncio Fuebe, era dono de um lote de mulas. Foi um dos mais famosos tropeiros de sua época.

Aliás, os luxemburgueses tinham um trato especial com animais. Emílio Entringer Sobrinho, também tropeiro, foi pioneiro em transporte de carga para lugares distantes.

O movimento de embarque de café era, então, muito grande, e se misturava com o desembarque de mercadorias vindas, principalmente, da Europa. Canoas transitavam pelo rio Santa Maria, abarrotadas de especiarias. A produção do café descia pelo rio no rumo da Europa. Às vezes transportavam quase 200 sacas. Os canoeiros eram homens de absoluta confiança dos comerciantes, carregavam altas quantias em dinheiro dos patrões, além das mercadorias.

Os luxemburgueses foram praticamente assimilados pela etnia alemã.

Falavam também alemão e eram considerados mesmo alemães.

Seus descendentes enriquecem hoje a sociedade capixaba.

 

Fonte: Espírito Santo - História de suas Lutas e Conquistas
Autora: Neida Lúcia Moraes,2002
Compilação: Walter de Aguiar Filho, agosto/2013

 

LINKS RELACIONADOS:

 Imigração no ES
 Imigrantes Libaneses 
 Pomeranos
 Poloneses no ES
 Imigrantes Holandeses 

Imigração no ES

Imigrantes criaram no ES biotipo especial

Imigrantes criaram no ES biotipo especial

A intensidade da mistura racial capixaba resultou num biotipo diferente da população predominantemente branca e loura existente nas regiões de colonização européia no Sul do País

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Imigrantes Italianos – Venda Nova dos Imigrantes

A classe operária não tinha perspectivas de melhoria se continuasse a viver na Itália. Sabe-se que diversas famílias que colonizaram Venda Nova (Falqueto, Caliman e Zandonadi). A vinda para a América os fascinava.

Ver Artigo
Colonização Polonesa no ES

Com a construção da ponte sobre o Rio Doce, em Colatina, uma das soluções encontradas pelo Governo Estadual foi fomentar a imigração para povoar aquela região

Ver Artigo
Emigrantes Portugueses de Origem Judaica - Ester Abreu

A autora fala a respeito das diásporas judaicas, os percalços desse povo para conservar seu estilo de vida e religião e da presença desse povo no Espírito Santo, oriundos de Portugal

Ver Artigo
Fotógrafo Cilmar Franceschetto pesquisa comunidade italiana

A beleza do biótipo de influência italiana é tema permanente no trabalho de antropologia visual de Cilmar Franceschetto

Ver Artigo
Imigrantes deixaram portugueses para trás

Na opinião de Renato Pacheco, lusos perderam o bonde da história e foram suplantados por uma cultura mais forte, que fez o desenvolvimento do Estado

Ver Artigo