Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Maciço do Penedo

Projeto do Eng. Saldanha da Gama de uma ponte ligando o Penedo ao Forte de São João na curva do Saldanha - Foto: Moacyr Fraga, 1929

É uma emersão granítica de 135 metros, marco inconfundível da Capital do Espírito Santo, localizado na parte continental, na região de Capuaba, no município de Vila Velha. Seu nome significa rochedo ou penha, porque vem de penhasco ou pedra muito grande. Tem grande valor histórico para Vitória porque foi um dos grandes pilares da defesa da colônia contra as incursões estrangeiras, no período dos descobrimentos. Na sua face voltada para a cidade, foi instalado um argolão que sustentou a corrente que se estendia desde o Forte de São João Batista (lado da ilha). Foi onde o corsário holandês Thomas Cavendish, caiu barrado e prisioneiro e perdeu cerca de oitenta homens, Uma epopéia que o velho Penedo parece contar diante dos olhares.

Apesar da importância e da bela presença que nos fala de um passado glorioso, sofreu algumas agressões, como por exemplo, a construção da torre de linhas elétricas de alta tensão, depois demolida pela Escelsa, em 1998. Pouco tempo depois, após a construção da subestação de Bento Ferreira que passou a suprir de energia a capital, foi beneficiado com a iluminação especial deste marco natural, da Pedra dos Olhos, da Catedral Metropolitana, a Terceira Ponte e alguns edifícios modernos da Praia do Suá. Mas outros danos foram a ele causados como as obras de ampliação do porto a partir de 1976, quando houve cortes e extração de granito que deu origem ao berço de Capuaba. Em razão disso a autoridades competentes, avocaram em sua defesa o artigo 180, parágrafo único que declara: “Ficam sob proteção do Poder Público, os documentos e os locais de valor histórico ou artístico, os monumentos e as paisagens naturais notáveis, bem como, as jazidas arqueológicas”.

Em, 1986, o Penedo foi tombado pelo Conselho Estadual de Cultura, como Patrimônio do Estado. Em 1996 recebeu iluminação artificial, que consta de doze focos concentrados com lâmpadas de vapor de mercúrio de 1000 watts cada. Essa nova iluminação voltada para acidade teve os postes instalados na Avenida Vitória e é acionada por células fotoelétricas. O Penedo continua sendo a admirável presença no cotidiano da ilha como também, a imagem do capixaba saudando todos que por ele passam. Já fizeram de tudo no Penedo, mas não principal: a recolocação do argolão nele cravado.

O símbolo da resistência da cidade e marco fundamental do assentamento do Forte de São João Batista na margem da Ilha de Vitória; precisamos valorizar nossas tradições com urgeeeêênnnnncia!

 

Livro: Vila Velha – Onde começou o Estado do Espírito Santo, 2011
Autor: Jair Santos
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2011 

 

 

LINKS RELACIONADOS:

>>  Penedo 
>>
 
A pedra e o Penedo 


 




GALERIA:

📷
📷


Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Teatro Carlos Gomes

Principal teatro de Vitória, o Carlos Gomes foi inaugurado a 5 de janeiro de 1927, com a peça Verde e Amarelo, de Patrocínio Filho, representada pela Companhia Tan-Tan

Ver Artigo
Praça Costa Pereira

"A Praça Costa Pereira é o lugar ideal para refletir a cidade, a vida. Não sei, se são as árvores, talvez, o barulho dos passarinhos". Márcia Gáudio, atriz

Ver Artigo
Praça Oito de Setembro

O cronista Eugênio Sette, dizia que "... a Praça Oito parece uma mulher dama muito vivida, muito experimentada, que não arrepia carreira, nem se encabula com uma piada mais grosseira. Já viu tudo. E, por isso, aguenta firme, consciente do seu papel."

Ver Artigo
Praça João Clímaco

Localizada em frente ao Palácio Anchieta, a Praça João Clímaco, ex-praça Afonso Brás, foi durante três séculos chamada ora como largo do Colégio, ora largo Afonso Brás

Ver Artigo