Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Namorados

Internacionalmente o dia dos namorados é tradicionalmente comemorado como Dia de São Valentim, no dia 14 de fevereiro. No entanto, no Brasil celebramos anualmente no dia 12 de Junho, exatamente na véspera do dia de um outro santo da igreja católica chamado Santo Antônio, também conhecido por seus ‘méritos’ enquanto casamenteiro. Este santo português tem sua tradição consagrada como casamenteiro, provavelmente devido a suas pregações a respeito da importância da união familiar em sua época.

Contudo, o fato dessa celebração acontecer em meados do mês de junho não está relacionado com o santo padroeiro dos casamentos, mas antes com uma ação publicitária que retoma ao ano de 1949. Para melhorar as vendas de junho, mês considerado o mais fraco para o comércio, um publicitário de nome João Dória, ligado à Agência Standard Propaganda, lançou a pedido da extinta loja Clipper, uma campanha para melhorar as vendas de junho. A campanha, com o apoio da Confederação do Comércio de São Paulo, consistiu na mudança do dia de São Valentim para o dia 12 de Junho, com o slogan: “NÃO É SÓ DE BEIJOS QUE VIVE O AMOR”.

A propaganda surtiu efeito e as vendas subiram consideravelmente e a Agência Standard ganhou o prêmio de agência publicitária daquele ano. A data foi criada pelo comércio paulista e depois assumida por todo o comércio brasileiro para reproduzir o mesmo efeito do Dia de São Valentim, equivalente nos países do hemisfério norte, para incentivar a troca de presentes entre os "apaixonados".

E é por esta razão que o Brasil não segue o calendário internacional que comemora o Dia dos Namorados no dia de São Valentim. Desde então, 12 de junho se tornou uma data especial, unindo ainda mais os casais apaixonados, com direito a troca de presentes, cartões, bilhetes, flores, bombons... E assim, junho é a época dos apaixonados presentearem seus (suas) parceiros (parceiras) com surpresas agradáveis como demonstração de amor e carinho, sejam elas materiais ou de qualquer outra natureza.

 

Fonte: Thiago de Almeida Psicólogo (CRP: 06/75185) www.thiagodealmeida.com.br
Compilação: Walter de Aguiar Filho, junho/2012 

Matérias Especiais

Biografia de Homero Massena

Biografia de Homero Massena

Sua técnica impressionista é a característica principal das suas mais de 10 mil obras. Era um artista compulsivo pela natureza e pela luz existente nas paisagens.Quem recorda bem dessas paixões é Kleber Galvêas

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A santa da Praia é Rita - Sandra Aguiar

A comunidade contou logo com uma paróquia, a Santa Rita, cuja primeira sede data de 1935

Ver Artigo
A Cidade em outros tempos

Bondes, lanchas, manguezais e catraeiros nos remetem há uma época que creio não retornará. Vou citar alguns fatos e nomes de alguns personagens

Ver Artigo
Mercados e Feiras

Entreposto de vida nas cidades. Os mercados e feiras fazem a ligação, do campo para a cidade, do pão nosso de cada dia. É onde a cidade vai buscar o seu alimento...

Ver Artigo
Vitória da Bossa

O mundo inteiro sabe que o nascimento da Bossa Nova se deu na Zona Sul do Rio, mas poucos se dão conta de que Vitória exerceu papel de coadjuvante na criação do movimento

Ver Artigo
A lenda do judeu pescador

O judeu, natural do Algarve, era católico, e atribuía a sua boa sorte à devoção de São Tiago e Santa Marta, cujas imagens mantinha num oratório

Ver Artigo