Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Nova Itaparica

Praia de Itaparica - Foto: Francisco Erisberto

Na década de 70, Nova Itaparica, em Vila Velha, fazia parte de uma grande fazenda, conhecida como Baixada Guaranhus. Foram os donos da terra que fizeram os primeiros loteamentos do bairro. A imobiliária Nova Itaparica ficou responsável pela venda dos lotes e também inspirou o nome do bairro.

No final da década de 80, os primeiros moradores começaram a chegar. Uma trilha dava acesso ao local. Os primeiros moradores fizeram uma trilha, porque não dava para passar entre o brejo. Por causa da grande formação de água na região, essa trilha logo desapareceu e os moradores tiveram que aterrar as ruas para poderem terminar de construir suas casas. Podia-se pegar peixe na rua, além de sapos e rãs.

De acordo com relatos de moradores, a região começou a mudar com a pavimentação das principais ruas do bairro, a Sérgio Cardoso, que foi asfaltada em meados da década de 90, e a do Canal, calçada em 2000. A partir daí, o comércio começou a se estabelecer no bairro e a prefeitura atendeu a uma antiga solicitação: o calçamento das 17 ruas que compõem Nova Itaparica, com previsão de inauguração para agosto de 2007.

Em 2000, o bairro foi registrado pela Prefeitura de Vila Velha e hoje, possui 1.160 residências e 5 mil moradores. O bairro está situado a 700 metros da Praia de Itaparica e faz divisa com Guaranhus, Ilha dos Bentos, Novo México e Parque das Gaivotas.

 

Fonte: Jornal A Tribuna - 18/07/2007
Compilação: Walter de Aguiar Filho, julho/2008

Bairros e Ruas

Rua Pereira Pinto (desaparecida) – Por Elmo Elton

Rua Pereira Pinto (desaparecida) – Por Elmo Elton

Situava-se onde foi construída a Praça Costa Pereira. Rua antiga, com algum movimento, os prédios datando do final do século XVIII

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Escadaria Maria Ortiz (ex-ladeira do Pelourinho) – Por Elmo Elton

Maria Ortiz era filha de Juan Orty y Ortiz e Carolina Darico, nasceu em Vitória em 1603, tendo falecido na vila em 1646

Ver Artigo
Praça João Clímaco (ex-praça Afonso Brás) – Por Elmo Elton

Em 1910, Jerônimo Monteiro, quando o logradouro tinha o terreno inclinado, para aplainá-lo, construiu-se um muro de arrimo, coroado por balaustrada, fronteiro à atual Rua Nestor Gomes

Ver Artigo
Praça D. Luiz Scortegagna (ex-largo da Matriz) – Por Elmo Elton

O largo da Matriz não tinha calçamento, era de chão batido. Desaparecidas as ruas 2 de Dezembro e Domingos Martins, a área, antes exígua, se ampliou 

Ver Artigo
A Barra do Jucu de há pouco

Didi do Barramar é eleita Miss Terceira Idade do ES. Atletas campeões mundiais como Renato Costa e Neymara são festejados. Jornalistas residentes como Pedro Maia, Rubinho Gomes e Eustáquio Palhares, prestigiam a Barra

Ver Artigo
Rua Marcelino Duarte – Por Elmo Elton

Das casas comerciais de que dispunha esta artéria citam-se a Casa Madame Prado e também o Clube de Regatas Álvares Cabral, todos dando frente para a Praça Costa Pereira 

Ver Artigo