Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O Britz fecha

Prédio do antigo Britz Bar - Foto: Walter de Aguiar Filho, 08/2011

Amanhã não fecha,

porque depois de amanhã é domingo

Não se desesperem.

Pensem nas cubas libres que virão,

nos versos que estão para escrever.

Deixem que vá a leilão,

mas não arredem o pé de suas mesas,

nem abram mão de sua orlofe

imprensada entre o limão e o açúcar.

 

O Britz fecha.

Quinta, depois do carnaval, em agosto.

Que janela me indicou tal portaria,

Se bar era sem porta.

 

O Britz fecha.

Onde procurar o chope gelado,

o americano e o sergio egito.

 

O Britz fecha.

O vento sul, desnorteado,

vai bater a porta que ninguém

nunca viu.

 

O Britz fecha,

no vermelho,

em débito de sonatas e paixões

a corações errantes

nas tantas contas que ficaram por quitar

 

Fonte: Escritos de Vitória – bares, botequins etc.
Autor: Anilton Trancoso
Compilação: Walter de Aguiar Filho, maio/2012

Variedades

O papel dos tropeiros

O papel dos tropeiros

Foi principalmente graças à expansão da lavoura cafeeira e à necessidade de escoamento da produção que se impôs a utilização de tropas de burro para o transporte de café

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A prisão do tapete – Por Pedro Maia

Um tapete que estava a secar em uma janela no tranquilo aglomerado residencial chamado Paul

Ver Artigo
Macaco na cabeça! - Por Pedro Maia

Do alto da árvore o bicho fez mil e umas com os óculos do pobre do Evaristo que, cá de baixo, tentava atrair o macaco de todas as maneiras como costumeiramente se atraem os macacos

Ver Artigo
O Centro, hoje - Por Cristina Dadalto

Acomodados nas muradas de concreto, pescadores jogam suas varas enquanto observam a grandiosidade do Penedo

Ver Artigo
A história de Vitória – Por Cristina Dadalto

O nome, Ilha de Santo Antônio, Vitória recebeu de Duarte de Lemos, que a ganhou de presente, para usufruto, de Vasco Fernandes Coutinho, em 1537

Ver Artigo
Na borda do infinito – Por Luiz Carlos Almeida Lima

Bebia num bar... SCANDINAVE... outro porto, outra terra a proteger caravelas... preso como âncora no lodaçal

Ver Artigo