Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

O casamento de papai - Por Sérgio Figueira Sarkis

O casamento de Selika Figueira e Miguel Antônio Sarkis, aconteceu em 29 de maio de 1932, na Catedral Metropolitana de Vitória.

Papai resolveu casar com mamãe Selika, moça prendada e participante da sociedade local. Tudo acertado para a cerimônia na Catedral Metropolitana, um grande problema. Como fazer vovô vestir um terno novo? Procurou-o e tentou convencê-lo a mandar fazer uma nova fatiota.

— Impossível. Custa muito caro. Só para um dia, não!

Diante do impasse, papai procurou um alfaiate e combinou o preço do terno em 100 réis. Mas acertou com este falar para vovô que o custo tinha sido 10 réis. E seria pago por papai. Diante daquela pechincha, e ainda paga pelo filho, topou e o terno foi feito. Enlace realizado com a presença do pai do noivo com sua vestimenta nova, a felicidade foi total.

De volta da viagem de lua de mel, papai e mamãe vão visitar vovô e são surpreendidos com o mesmo vestindo o surrado terno velho.

— Papai! O que é isto? Você não jogou este terno fora? Por que não está usando o novo?

— Meu filho! Lembra que ele custou 10 réis. Pois então. Vendi por 20. Tive um lucro de cem por cento.

Papai quase desmaiou.

 

Nota do Autor: Há muito, pretendia escrever alguma coisa da minha memória, levando causos ocorridos comigo ou com outras pessoas que me foram transmitidos de forma agradável e hilariante. Meu dilema era: como fazer? não tinha início, nem meio e, muito menos fim. E, invariavelmente, vinha a preocupação deles perderem o charme quando expostos em texto.

Contados verbalmente, tem sabor diferente, agradando a que os ouve. E escritos? Conseguiria eu dar a entonação necessária, estimulando o leitor a continuar até o fim? Entre dúvidas e certezas, amadureci esta ideia anos. Até que decidi: vamos ver como fica! O resultado é este. Tirei da cabeça, coloquei no papel. Eu revisor deu uma boa arrumada.

Me perdoem aqueles que, envolvidos nos fatos, tenha esquecido de mencionar. E os citados não sintam-se ofendidos ou magoados. Minha intenção nunca foi esta.

Espero que gostem,

Sérgio Figueira Sarkis

 

Todo os direitos reservados ao autor.

Partes desta obra pode ser reproduzida por qualquer meio, desde que citada a fonte.

A foto da capa é de Paulo Bonino.

As fotos do miolo são do acervo familiar e de arquivos digitais públicos; as que fogem a isto têm suas origens identificadas junto a suas legendas.

As principais fontes de consulta para este trabalho, além da memória pessoal, foram os livros Os dias antigos, de Renato Pacheco, edição de 1998; A ilha de Vitória que conheci e com quem convivi, de Délio Grijó de Azevedo, 2001; Tipos populares de Vitória, de Elmo Elton, 1985; e, Coquetel de saudades, de Dario Derenzi, 1980.

Revisão, edição e editoração
João Zuccarato
DDD 27 – Telefone 3314-2757 – Celular 9-8112-6920
Textos@textos.etc.br

 

Impressão
Gráfica Universitária
DDD 27 – Telefone 4009-2389
www.grafica.ufes.br

A verdadeira viagem se faz na memória.
Marcel Proust

 

Dedicatória do autor: Dedico este livro à minha querida esposa Regina; aos filhos Sérgio, Michel, Andréa, Alexandre e Ricardo; e aos netos Pedro Henrique, Ingrid, Carolina, Leonardo, Thiago e Victória

SFS

 

Fonte: No tempo do Hidrolitrol – 2014
Autor: Sérgio Figueira Sarkis
Compilação: Walter de Aguiar Filho, fevereiro/2019

Literatura e Crônicas

A Terceira Ponte e Eu

A Terceira Ponte e Eu

Nasci em 1978. A Terceira Ponte também. Um dia, partirei. Ela ficará. Mas tenho certeza de que deixarei um pouco de mim naquele que certamente é um dos maiores símbolos da nossa identidade

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Hoje em dia - Por Carlos Tourinho

Assim como poderíamos imaginar que o Centro da cidade, hoje em processo de esvaziamento e em campanha de revitalização, poderá voltar a ser um lugar bom de se morar

Ver Artigo
Os Acqua Loucos e a inauguração do Clube Cauê

Na Praia de Santa Helena, ao lado da atual Praça Cristóvão Jacques, que tanta controvérsia vem causando, sobre o Morro Itapebuçu, localizavam-se as instalações da Western Telegraph Company

Ver Artigo
Encerramento do livro: No tempo do Hidrolitrol

Trata-se do texto cujo título é "Encontro Desastroso", do livro "Coquetel de Saudades", de Dario Derenzi

Ver Artigo
Praia Tênis Clube - Por Sérgio Figueira Sarkis

Lembro de alguns com a presença de Affonso Queiroz do Valle, Evanildo Silva, Luiz Paulo Dessaune, Reynaldo Broto e Vânia Sarlo

Ver Artigo
As cinzas de Luiz Flores Alves - Por Sérgio Figueira Sarkis

Filósofo, professor, escritor, economista, inventor e caçador. Dentre todas estas indicações, era, antes de tudo, excelente proseador

Ver Artigo