Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Palavras que vieram da África

Quindim

A influência do negro na nossa cultura foi bastante expressiva. Os hábitos e costumes africanos penetraram no nosso cotidiano. Na língua portuguesa, assim como os índios, os negros acrescentaram um bom número de palavras ao nosso vocabulário.

Comemos jiló, tutu, quindim, vatapá e azeite de dendê sem parar para pensar de onde vieram as denominações. Batuque, candango, curinga, caxumba, senzala, xangô, xingar, macumba, miçanga. Não seria possível enumerar todos os vocábulos.

Algumas palavras tem histórias curiosas. Por exemplo, cangote, que tem origem na palavra canga, usada para prender os bois pelo pescoço. Já a palavra banguela vem de banguê. Os negros benguelas tinham a tradição de arrancar os dentes da frente ainda crianças.

Além do vocabulário, no Espírito Santo, a influência dos negros está presente no artesanato, na culinária e nas manifestações folclóricas, como o Ticumbi, no norte do Estado, jongos e caxambus, no sul e bandas de congo, no litoral.

 

Fonte: A Tribuna (21/05/2000)
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2013 

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Capixabês 
>> A mexerica pocou!!! 
>>
 
Festa de São Benedito
>>
 
Congo não é música

História do ES

Estradas do ES

Estradas do ES

O Governador Francisco Rubim compreendeu que o problema da colonização do ES estava intimamente ligado ao do transporte. Inútil seria interiorizar o colono, fazê-lo produzir a abandoná-lo à própria sorte

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Espírito Santo, um Estado rico

Cícero Moraes, em seu livro Geografia do Espírito Santo, afirma que os climas capixabas podem ser definidos em função das altitudes

Ver Artigo
Revistas capixabas: design gráfico capixaba no acervo da BPES

Em 2010, iniciou-se pesquisa do Núcleo de Identidade Gráfica Capixaba, Nigráfica, quando se realizou estudo gráfico de revistas elaboradas e impressas na Grande Vitória e dedicadas ao público capixaba entre 1910 e 2010

Ver Artigo
Panorama da cultura capixaba

O historiador Renato Pacheco explica que o Estado passou 350 anos fechado a qualquer tipo de progresso

Ver Artigo
A escravidão negra e sua abolição – Por João Eurípedes Franklin Leal

Um dos pontos culminantes das revoltas escravas no Espírito Santo foi a Insurreição do Queimado

Ver Artigo
As guerras imperiais e seus reflexos no Espírito Santo – Por João Eurípedes Franklin Leal

O Ururau era em brigue de transporte, armado com seis bocas de fogo, que próximo a barra da baía de Vitória combateu por hora e meia um barco argentino o “Vencedor de Ituzaingu”

Ver Artigo