Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Palavras que vieram da África

Quindim

A influência do negro na nossa cultura foi bastante expressiva. Os hábitos e costumes africanos penetraram no nosso cotidiano. Na língua portuguesa, assim como os índios, os negros acrescentaram um bom número de palavras ao nosso vocabulário.

Comemos jiló, tutu, quindim, vatapá e azeite de dendê sem parar para pensar de onde vieram as denominações. Batuque, candango, curinga, caxumba, senzala, xangô, xingar, macumba, miçanga. Não seria possível enumerar todos os vocábulos.

Algumas palavras tem histórias curiosas. Por exemplo, cangote, que tem origem na palavra canga, usada para prender os bois pelo pescoço. Já a palavra banguela vem de banguê. Os negros benguelas tinham a tradição de arrancar os dentes da frente ainda crianças.

Além do vocabulário, no Espírito Santo, a influência dos negros está presente no artesanato, na culinária e nas manifestações folclóricas, como o Ticumbi, no norte do Estado, jongos e caxambus, no sul e bandas de congo, no litoral.

 

Fonte: A Tribuna (21/05/2000)
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2013 

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Capixabês 
>> A mexerica pocou!!! 
>>
 
Festa de São Benedito
>>
 
Congo não é música

História do ES

Partidos políticos, Constituição, Início da República

Partidos políticos, Constituição, Início da República

Tão logo pareceu consolidado o regime inaugurado a quinze de novembro de 1889, os políticos começaram a coordenar o eleitorado

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Mata Virgem – Por Auguste François Biard (Parte IV)

Tinham me falado, várias vezes, desde que chegara ao Brasil, de uma terrível cobra, a maior das trigonocéfalas, conhecida pelo nome de surucucu

Ver Artigo
Por que Morro do Moreno?

Desde o início da colonização do Espírito Santo, o Morro do Moreno funcionava como posto de observação assegurando a defesa de Vila Velha e de Vitória

Ver Artigo
A Ilha de Vitória – Por Serafim Derenzi

É uma posição privilegiada para superintender, como capital e porto, os destinos políticos e econômicos do Estado de que é capital

Ver Artigo
A história do Jornal A TRIBUNA

Conheça a história do jornal A TRIBUNA, publicada na resvista da Associação Espírito-Santense de Imprensa (AEI) em 12/2008

Ver Artigo
Intervenção federal - Governo Nestor Gomes

A vinte e seis de maio de 1920 começou a luta armada na Capital, com elementos da Força Policial dividida entre as duas facções 

Ver Artigo