Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Palavras que vieram da África

Quindim

A influência do negro na nossa cultura foi bastante expressiva. Os hábitos e costumes africanos penetraram no nosso cotidiano. Na língua portuguesa, assim como os índios, os negros acrescentaram um bom número de palavras ao nosso vocabulário.

Comemos jiló, tutu, quindim, vatapá e azeite de dendê sem parar para pensar de onde vieram as denominações. Batuque, candango, curinga, caxumba, senzala, xangô, xingar, macumba, miçanga. Não seria possível enumerar todos os vocábulos.

Algumas palavras tem histórias curiosas. Por exemplo, cangote, que tem origem na palavra canga, usada para prender os bois pelo pescoço. Já a palavra banguela vem de banguê. Os negros benguelas tinham a tradição de arrancar os dentes da frente ainda crianças.

Além do vocabulário, no Espírito Santo, a influência dos negros está presente no artesanato, na culinária e nas manifestações folclóricas, como o Ticumbi, no norte do Estado, jongos e caxambus, no sul e bandas de congo, no litoral.

 

Fonte: A Tribuna (21/05/2000)
Compilação: Walter de Aguiar Filho, novembro/2013 

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Capixabês 
>> A mexerica pocou!!! 
>>
 
Festa de São Benedito
>>
 
Congo não é música

História do ES

Garoto, um pouco de história

Garoto, um pouco de história

Nem sempre foi doce o sonho do Sr. Henrique Meyerfreund, fundador da Garoto. Para conhecer melhor a história da empresa, acompanhe a cronologia

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Discurso de João Punaro Bley na 1ª Feira de Amostras

Senhores, é com intenso júbilo que presido a cerimônia de instalação da primeira Feira de Amostras, instituída por iniciativa da Prefeitura de Vitória, e comemorativa do 4º Centenário do Povoamento do Solo Espírito- Santense...

Ver Artigo
A Era Bley

O interventor de fato se torna popular – visita orfanatos, recebe o povo em audiência, dá o chute inicial em jogos de futebol, visita com a família cidades do sul

Ver Artigo
Textos de História Militar do Espírito Santo

Este é o propósito deste livro. Trata-se, o nome já o diz, de uma coletânea de textos, textos estes da mais diversa natureza: poema épico, ensaios históricos, crônicas, correspondência oficial e particular

Ver Artigo
A Insurreição do Queimado

Chama-se Insurreição do Queimado ao levante de escravos, em busca de alforria, havido em 19 de março de 1840 

Ver Artigo
Vasco Fernandes Coutinho – Por Norbertino Bahiense

Em que local da Igreja supõe terem sepultado a arca com os ossos de Vasco Fernandes Coutinho?

Ver Artigo