Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Penedo

Penedo, 2013

Os amantes de aventura são bem-vindos ao Penedo. É o que garante o pescador Aguinaldo de Moura, morador do local. Ele realiza a travessia de barco da avenida Beira-Mar até a praia que fica entre a grande pedra e o morro da Urca, levando visitantes.

A travessia custa R$ 3,00 e no local existem trilhas para subir os 132 metros de altura do Penedo. O pescador guia os aventureiros e cobra R$ 10,00 para a trilha mais fácil.

Para as trilhas com dificuldade intermediária o preço é de R$ 30,00 e para a mais difícl, que na verdade é uma escalada, o passeio sai por R$ 50,00.

De acordo com Aguinaldo, que usa a atividade para ter uma renda extra quando a pesca está fraca, mil pessoas visitam o local todos os anos e podem apreciar lagartos, jibóias, preás, sabiás e bem-te-vis.

No Carnaval, ele sempre recebe evangélicos de Minas Gerais que acampam no local e sobem o Penedo para orar.

Nos finais de semana é comum que amigos se reúram na Prainha local para fazer um churrasco, opção disponível para todos. Basta conversar com Aguinaldo e marcar a data. "Todos são bem-vindos aqui. Só não gosto de bagunça e má conduta. Se for do bem, tudo bem", disse.

Além da aventura e da paisagem deslumbrante, o visitante pode ver navios passarem bem pertinho da praia e voltar no tempo, observando o Forte São João, que protegia a entrada da baía de Vitória na época da colonização portuguesa. Quem se interessar pelo passeio pode ligar para o telefone 9999-2850.

 

Fonte: A Tribuna (22/04/2007)

 

LINKS RELACIONADOS:

>> Adrenalina!l 
>>
 
Livre para voar 
>>
 
Vôo dos sonhos  
>>
 
Saldanha da Gama: ontem e hoje  
>> Vôo Livre no Moreno



GALERIA:

📷
📷


Matérias Especiais

A lenda do Frade e a Freira

A lenda do Frade e a Freira

Conta a lenda que há muitos anos atrás um padre apaixonou-se por uma freira. Como o amor entre eles era impossível, foram transformados em pedra para que esse amor fosse eternizado

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Britz - Por Milson Henriques

De qualquer modo vamos ao agradável labor de rememorar os que eu freqüentava, lembrando que havia também as boates Buteko, Cave, Aux Chandelles, Porão 214,...

Ver Artigo
Morro Inhoá

No pé do morro Inhoá, havia a edificação onde originalmente funcionou a primeira fábrica de sabão

Ver Artigo
A fonte de Inhoá

Desde a época do Primeiro Donatário, Vasco Fernandes Coutinho, já se bebia água da fonte de Inhoá

Ver Artigo
A santa da Praia é Rita - Sandra Aguiar

A comunidade contou logo com uma paróquia, a Santa Rita, cuja primeira sede data de 1935

Ver Artigo
A Cidade em outros tempos

Bondes, lanchas, manguezais e catraeiros nos remetem há uma época que creio não retornará. Vou citar alguns fatos e nomes de alguns personagens

Ver Artigo