Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Rendas – Despesas – Dívidas na Província do ES

Tabela elaborada com base na transcrição do original existente na Memória Estatísticada Província do Espírito Santo escrita no ano de 1828 por Ignácio Accioli de Vasconcellos

Arrecadando 23:378$000, o Espírito Santotinha seus gastos, para 1827-28, calculados em 48:121$413. (XV)

Perduravam, como se vê, os déficits, raramente superados nos séculos precedentes. Para aliviá-los, determinara o imperador – pela provisão de nove de fevereiro de 1826 – fossem entregues aos cofres da província as sobras dos rendimentos de Campos que, em 1827, totalizaram 8:933$629 e – por ato de catorze de novembro de 1826 – se consignasse, mensalmente, em favor dos cofres espíritosantenses,a quantia de 4:000$000. Entretanto, “pela estreiteza do comércio”,andava atrasadíssimo o pagamento da mesada, provocando, isso facto, o acúmuloda dívida passiva, que aumentava sempre. (XVI)

 

NOTAS

XV -

RENDAS PÚBLICAS

As fontes donde dimanam as rendas públicas são as seguintes:

Ver foto abaixo da matéria.

Andam por administração os artigos (a) (b) (c) e parte de (n) na forma das leisconcernentes a cada um.

Nunca foram administrados, nem arrematados os artigos (o) (p) (q) (r) (s) (t) (u) (z) (y)mas cobrado na Junta da Fazenda conforme as leis concernentes a cada um.

As suas aplicações são as seguintes:

Ver foto abaixo da matéria.

Ver foto abaixo da matéria.

INÁCIO ACIÓLI, Memória.

Tabela elaborada com base na transcrição do original existente na Memória Estatísticada Província do Espírito Santo escrita no ano de 1828 por Ignácio Accioli de Vasconcellos.Vitória, Arquivo Público Estadual, 1978 [Nota do editor].

XVI –

Ver foto abaixo da matéria.

INÁCIO ACIÓLI, Memória.

Tabela elaborada com base na transcrição do original existente na Memória Estatísticada Província do Espírito Santo escrita no ano de 1828 por Ignácio Accioli de Vasconcellos. Vitória, Arquivo Público Estadual, 1978 [Nota do editor].

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 3ª edição, Vitória (APEES) - Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Secretaria de Cultura, 2008
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter Aguiar Filho, maio/2018



GALERIA:

📷
📷


História do ES

A História da Consagração a Nossa Senhora do Rosário

A História da Consagração a Nossa Senhora do Rosário

Gether Lima, grande pesquisador da história da Igreja do Rosário, relata como se deu no mundo a Consagração a Nossa Senhora do Rosário

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Mata Virgem – Por Auguste François Biard (Parte IV)

Tinham me falado, várias vezes, desde que chegara ao Brasil, de uma terrível cobra, a maior das trigonocéfalas, conhecida pelo nome de surucucu

Ver Artigo
Por que Morro do Moreno?

Desde o início da colonização do Espírito Santo, o Morro do Moreno funcionava como posto de observação assegurando a defesa de Vila Velha e de Vitória

Ver Artigo
A Ilha de Vitória – Por Serafim Derenzi

É uma posição privilegiada para superintender, como capital e porto, os destinos políticos e econômicos do Estado de que é capital

Ver Artigo
A história do Jornal A TRIBUNA

Conheça a história do jornal A TRIBUNA, publicada na resvista da Associação Espírito-Santense de Imprensa (AEI) em 12/2008

Ver Artigo
Intervenção federal - Governo Nestor Gomes

A vinte e seis de maio de 1920 começou a luta armada na Capital, com elementos da Força Policial dividida entre as duas facções 

Ver Artigo