Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Reserva de Comboios vai ser cercada pelo IEF

Pôr do sol visto da foz do Rio Doce, ao fundo o Farol de Regência (novo) 2018

"Autorizei ao IEF a contratação de uma firma para cercar o que resta da reserva biológica estadual de Comboios", disse ontem o secretário de Estado das Agricultura, Paulo Lemos Barbosa, depois de anunciar sua viagem a Brasília nesta quarta-feira, para a assinatura de um convênio de Cr$ 4,5 milhões com o Ministério da Agricultura, destinado à fiscalização de nossas reservas.

Paulo Lemos se declarou favorável à abertura das reservas florestais ao público, "desde que o povo tire o melhor proveito com pesquisas e similares, respeitando a integridade da fauna e da flora".

De posse de um completo levantamento fotográfico do Estado, Paulo Lemos pediu tempo para estudar a carência de áreas verdes no Espírito Santo. Vamos a Brasília buscar recursos financeiros para fazer cumprir o nosso Código Florestal, e, em seguida, partir para a contratação de pessoas habilitadas para fiscalizar nossas reservas".

O secretário da Agricultura forneceu somente a extensão das reservas biológicas de Pedra Azul, Comboios, Mestre Álvaro, já que resta concluir o levantamento das reservas de Duas Bocas e Forno Grande.

A reserva estadual de Comboios, em Aracruz, a mais devastada, tem área de 11.812,57 hectares, sendo 3.724,16 de florestas naturais e 1.481,20 de capoeiras. Assim, Comboios, aproximadamente 6.600 hectares em devastação.

Pedra Azul, por sua vez, segundo os dados divulgados ontem pelo secretário da Agricultura, tem 1.100,76 hectares de área total, sendo 281,86 de florestas naturais e 220,92 de capoeiras. Pedra Azul representa um índice de devastação em torno de 50 por cento.

Finalmente, a reserva estadual do Mestre Álvaro, nos arredores da Grande Vitória, de acordo com o levantamento do Departamento Fotogramétrico da Secretaria de Agricultura, dispõe de uma área total de 2.216,73 hectares, sendo 948,39 de florestas naturais e 119,98 hectares de capoeiras. Isto representa também um alto índice de depredação, em mais de 50 por cento.

 

Fonte: A Tribuna, Vitória – ES, 14/02/1978
Arquivo: Instituto Jones dos Santos Neves
Compilação: Walter de Aguiar Filho, julho/2018

Ecologia

Monos

Monos

Hoje, só há um lugar para onde poderia ser levado um casal de monos com alguma possibilidade de crescer e multiplicar-se na paz da mata, é no Parque Sooretama, ao norte do município de Linhares. Levá-los para o outro lado do rio, onde eles possam viver livres desses outros monos estranhos e rasteiros que somos nós humanos

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Nosso primeiro ecologista

Em 1891, Maximiliano veio para o Brasil, particularmente para o Espírito Santo, instalando-se na colônia alemã de Santa Isabel

Ver Artigo
Respeito ao Meio Ambiente

Aproveitando o Dia Mundial do Meio Ambiente, nós do site Morro do Moreno temos a obrigação de ajudar a divulgar algumas dicas de educação ambiental. Para ler e praticar, combinado?

Ver Artigo
Pau-Brasil

Dia 27 de maio comemora-se o Dia da Mata Atlântica. O site Morro do Moreno escolheu uma árvore bastante representativa do Brasil para homenagear nossa Mata: o Pau-Brasil

Ver Artigo
Cientista Augusto Ruschi

Uma vez passou um carnaval inteiro atrás de uma formiga. Havia uma formiga preta que a gente encontra na mata sempre sozinha. Mas ele achava que essa formiga não mora sozinha e sim com outras companheiras

Ver Artigo
Paisagens de Passagens - Por Rubens Câmara Gomes

A Praia de Camburi sem nenhuma construção também era muito melhor, embora eu tivesse freqüentado pouco quanto ela ainda era virgem. Lembro que o acesso era pela Ponte da Passagem

Ver Artigo