Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Santuário de Nossa Senhora das Neves

O Santuário das Neves, em Presidente Kennedy, foi construído entre os anos de 1707 a 1759, pelos Padres Jesuítas que chegaram por essas terras no século XVII, pelo Rio Itabapoana, guiados pelo Padre Almada.

Assim que chegaram, eles se instalaram na Fazenda Muribeca, onde fica localizado o Santuário, especializada em produção de carne e abastecimento pesqueiro, sendo uma importante base produtiva para a sustentação do projeto missionário-civilizador do Espírito Santo. Dominando a vasta e arenosa planície, a Igreja de Nossa Senhora das Neves é um ponto branco contra o infinito azul do mar do leste e o ondulante verde das montanhas do oeste.

Para construir o Santuário, os padres jesuítas utilizaram das pedras do arrecifes exsitentes na costa do Espírito Santo. São pedras de pequenas dimensões argamassadas com cal, cujo transporte deve ter exigido o esforço de muitos índios reunidos em torno das atividades de culto e trabalho da Fazenda Muribeca. Construída com paredes estruturais de pedra, a Igreja encontra-se coberta por telhado com armaçao em madeira e fechado por telhas de barro do tipo canal.

Porém, conta a história que no ano de 1964, aconteceu um incêndio no Santuário qe teve o telhado e parte do altar queimado, salvando apenas a Santa, Nossa Senhora das Neves. E no ano seguinte,a o processo de reforma do Santuário começou a acontecer. Em 1995 a Santa Nossa Senhora das Neves passou por um processo de restauro, custeado pela própria Paróquia. Após o incêndio, a Secretaria Estadual de Cultura abriu um processo de tombamento histórico do Santuário, porém, este ficou arquivado.

Percebendo a importância do Santuário para a história do município e com a criação da Secretaria Municipal de Arte e Cultura em 2009, a atual administração desarquivou o processo do tombamento histórico estadual do Santuário e entregaram ao padre Frei Levy, da paróquia Nossa Senhora da Neves e ao Dom Célio de Oliveira Goulart, na época, representante da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim.

Fonte: Paróquia Nossa Senhora das Neves, janeiro de 2011.



GALERIA:

📷
📷


Igrejas

O Padre Anchieta e minhas reminiscências - Por Ormando Moraes

O Padre Anchieta e minhas reminiscências - Por Ormando Moraes

A simpática figura do padre Anchieta, como incansável andarilho de nossas praias, desperta-me velhas reminiscências de minha infância a beira mar vivida

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Prainha - Por Elmo Elton

Um esclarecimento: A Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Prainha situava-se, exatamente, onde, mais tarde, foi edificado o Hotel Império, ainda funcionando. A demolição do Teatro Melpômene se verificou em 1924

Ver Artigo
Igreja de Santa Luzia – Por Elmo Elton

Assim se explica a construção da igreja de Santa Luzia, a mais antiga da cidade 

Ver Artigo
Igreja e Convento do Carmo – Por Elmo Elton

Em 1913 demoliram a capela da Ordem Terceira, que lhe ficava ao lado, aquela mesma que merecera a admiração de Dom Pedro II

Ver Artigo
Igreja de São Gonçalo – Por Elmo Elton

Esta igreja chamou-se antes capela de Nossa Senhora do Amparo e da Boa Morte, ali funcionando uma Irmandade sob estas duas invocações

Ver Artigo
Igreja de São Tiago - Por Elmo Elton

A primitiva igreja de São Tiago, em Vitória, com o passar dos anos, foi ampliada, recebeu reconstruções sucessivas, até adquirir o aspecto que lhe registram fotografias tiradas no fim do século passado e começo deste, pouco antes de sua demolição

Ver Artigo