Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Sessão Nostalgia

Rio da Costa, enchente na década de 60

Autor: Edson de Almeida Quintaes


Lendo toda a matéria O Rio da Costa, muito bonita, alguns fatos me chamaram atenção.

Eu servi no 3º BC , hoje 38º BI (Batalhão de Infantaria), em 1957 (eu nasci em 1938...! ! ! parece que foi ontem...) e algumas vezes eu ia até este matadouro, acredito já era desativado.

Me lembrei da ponte que tinha próximo ao Colégio Maristas... enfim, "fui ao passado" (rs...). Lembrei-me também do bonde com um reboque que vinha do Cais de Paul até Vila Velha, o meu avô com uns 85 anos andava no estribo do bonde (ele viveu até aos 103 anos e meses, quase 104 anos!!!) e chamava a atenção aquela pessoa com a cabeça toda branca em pé no estribo etc etc.

Meu avô e minha avó moravam do lado do Posto Codé, ("Panificadora Duas Pátrias"). Minha avó viveu até aos 94 anos. Nome do meu avô = Balbino Alves da Silva Quintaes e minha avó = Jovina Ubaldina Quintaes, um casal de namorados até o fim da vida...sinto saudades deles...muitas... mas é a vida não é ?

Veja mais artigos de Edson Quintaes:

 Curiosidades
 Vôo Livre no Moreno
 Fotos

Matérias Especiais

Sesmaria - Título provisório

Sesmaria - Título provisório

A partir de 1698, ficou estabelecido que a Carta de Sesmaria constituísse apenas um título provisório e que valeria como definitiva a confirmação que cada concessionário ficava obrigado a solicitar do rei, dentro do prazo de três anos

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Jerônimo Monteiro - Capítulo XVI

Fazia-se o desembarque de passageiros, em escaleres e lanchas pequenas que atracavam às escadas dos navios

Ver Artigo
Jerônimo Monteiro - Capítulo II

Na foto ilustrativa, o casal Francisco de Sousa Monteiro e Henriqueta Rios de Sousa, pais de Jerônimo Monteiro (fim do séc. XIX). APEES — Coleção Maria Stella de Novaes

Ver Artigo
Saudações - Fernando Antonio de Oliveira

Carta endereçada ao escritor Walter de Aguiar Filho, autor do livro "Krikati, Tio Clê e o Morro do Moreno", pelas lembranças que nos traz sobre Vila Velha de outrora e pelo alerta sobre a identidade e cultura do canela-verde. Confira!

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte VIII (FINAL)

Cristóvão Jaques foi o único que fez reconhecimentos e assentou padrões, conforme estão de acordo todos os cronistas e historiadores, estando por isso provado ser ele o primeiro que reconheceu a costa da província do ES

Ver Artigo
Estudos sobre a descoberta da Província - Parte VII

Com a chegada e desembarque, na província do Espírito Santo, do donatário Vasco Fernandes Coutinho, a 23 de maio de 1535, temos finalizado a notícia dos navegantes que tocaram ou não nas costas desta província

Ver Artigo