Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Tentando o povoamento das margens do rio Doce – Silva Pontes

Indio Botocudo - Foto Walter Garbe

Ao porto do Sousa estava reservado papel de relevo – servir de entreposto do comércio de exportação e importação de Minas Gerais.

Um dos problemas que surgiram com a nova situação foi o de povoar a localidade. Silva Pontes fez o que as circunstâncias permitiam: encaminhou paralá os condenados pela Justiça. A eles foram juntar-se “desertores e criminosos,que buscavam suas matas para escaparem à punição das leis”.(14) Comerciantescapazes de sustentar o tráfego marítimo é que não apareceram, e assim feneceuo plano de transformar o lugarejo no “centro de todas as povoações que sefundassem nas adjacências do Rio Doce”.(15) Antes mesmo de transcorrido umdecênio, a aldeia de Coutins(16) foi visitada pelos botocudos, que mataram umsoldado, puseram os demais em fuga e arrasaram o quartel.(17)

Outro teria sido o destino de Coutins e da própria bacia do rio Doce seo governador Silva Pontes tivesse continuado à frente do governo da capitania.Sua pré-memória de 1802 testemunha o carinho com que encaminhava a soluçãodos problemas ligados ao rio, que, oficialmente, abriu à navegação, tida, aliás, por impossível.

 

NOTAS

(14) - JOSÉ MARCELINO, Ensaio, 140.

(15) - RUBIM, Memórias, 264.

(16) - Coutins – “nome tirado de um couto, em Portugal, pertencente à casa do ministroD. Rodrigo [de Sousa Coutinho]” (MARQUES, Dicion. ES, 177).

(17) - RUBIM, Memórias, 264-5.

 

Fonte: História do Estado do Espírito Santo, 3ª edição, Vitória (APEES) - Arquivo Público do Estado do Espírito Santo – Secretaria de Cultura, 2008
Autor: José Teixeira de Oliveira
Compilação: Walter Aguiar Filho, maio/2018

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Ano de 1564 - Por Basílio Daemon

Ainda no ano de 1587 existia naquela aldeia de São Lourenço, em Niteroi, este célebre índio, já bastante velho

Ver Artigo
Ano de 1562 – Por Basílio Daemon

D. João Nery identifica essa capela como a de São Tiago, cuja fundação seria datada de 1562

Ver Artigo
Ilhas no mar, baía e nos rios - Por Basílio Daemon

Em 1879 Basílio Carvalho Daemon publicou o livro Província do Espírito Santo, sua descoberta, história cronológica, sinópse e estatisticas

Ver Artigo
Donatários da capitania do ES - Por Basílio Daemon

Donatários da capitania, capitães-mores, ditos regentes e outros governadores, governadores da capitania, membros do governo da junta provisória, membros do conselho do governo

Ver Artigo
Basílio Daemon - Biografia

Por seus filhos capitão Dr. Ticiano Corrégio Daemon e tenente Daemon

Ver Artigo