Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Terceira Ponte

Vista da Terceira Ponte do Morro do Moreno - Foto: Walter de Aguiar Filho, março 2012

Ponte que liga Vitória a Vila Velha, a Terceira Ponte foi a maior obra já realizada no Espírito Santo, e uma das maiores do Brasil, tornando-se um dos cartões-postais da cidade.

Seu nome oficial é Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça, mas o povo apelidou-a de Terceira Ponte logo que foi anunciado o projeto de sua construção, devido às duas outras pontes que já existiam anteriormente ligando Vitória a Vila Velha: Ponte Florentino Avidos (Cinco Pontes) e Segunda Ponte.

A primeira ponte (Florentino Avidos), inaugurada em 1928, ligou o coração de Vitória com os fundos de Vila Velha. A segunda, aberta em 1979, trouxe o tráfego continental para o miolo da capital, Vitória.

A Terceira Ponte foi construída para desafogar essas duas primeiras. Possui 3,33 km de extensão, vão principal com 70m de altura e 200m de um pilar ao outro, permitindo assim o acesso de navios de grande porte à baía de Vitória.

É a principal ligação de Vitória com Vila Velha e o litoral sul do Espírito Santo. e depois de sua construção, Vila Velha passou por um intenso crescimento na construção civil, dando outra dimensão à sua então condição de cidade-dormitório.

O primeiro pilar da Terceira Ponte foi concretado em 1978, durante o Governo de Élcio Álvares e foi concluída em 1989, no Governo de Max Mauro. A ponte iniciou operando com 12 mil carros por dia e em outubro de 1992 já eram 15.964 por dia, em média.

Quem trafega pela ponte percebe o que só os viajantes de avião enxergam ao sobrevoar Vila Velha e Vitória: Como é bonito esse lugar!

Veja fotos exclusivas da construção desta grande obra entre os anos de 1985 a 1987 nas fotos abaixo.

 

Fotos cedidas por: Elson Gatto Filho, com contribuição de Rogério Rodrigues da Costa e Vanize Merlim
Postagem: Walter de Aguiar Filho, março/2012



GALERIA:

📷
📷


Monumentos

Monumento aos mortos da Segunda Guerra Mundial

Monumento aos mortos da Segunda Guerra Mundial

O soldado Pedro Mariano de Souza morreu na Itália; seus restos mortais encontram-se no monumento aos mortos no Aterro do Flamengo no Rio de Janeiro

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Monumento a Vasco Fernandes Coutinho (1º Donatário da Capitania)

É representado por um obelisco de granito, constituído de uma só peça inteiriça que assenta sobre quatro esferas de metal

Ver Artigo
A Manteigueira - Por José Carlos da Fonseca

Mas hoje persiste na minha memória a figura da manteigueira vista lá da curva do Saldanha como uma paisagem inapagável dos meus primeiros tempos de Vitória

Ver Artigo
Palácio das Águias é restaurado

O Palácio das Águias, localizado em Marataízes, reabriu suas portas ao público

Ver Artigo
Ano de 1766 - Por Basílio Daemon

É levantada pelo engenheiro José Antônio Caldas, por ordem do vice-rei conde de Azambuja, uma planta do Forte de São Diogo 

Ver Artigo
Ano de 1767 - Por Basílio Daemon

Levantadas por ordem do Conde de Azambuja diversas plantas e perspectivas das fortalezas e fortes da capitania pelo engenheiro José Antônio Caldas, sendo a primeira a do Forte de São João

Ver Artigo