Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Torta Capixaba – Prefácio do Livro

Nestor Cinelli e a família

Convidado por Nestor Cinelli, eficiente administrador da Livraria Âncora, para orientar a editora que, ele está entregando ao povo capixaba, bateu-me logo aquela doença crônica em mim, do entusiasmo pelo livro, o que me faz ver sempre editoras em funcionamento, prósperas e vivas, como Fernão Dias Paes Leme no seu delírio de ver as esmeraldas

Se o meu amor pelo livro é um pouco delirante, a certeza do sucesso dessa editora da Livraria Âncora, em Vitória, me aparece claro e taxativo. Acho em princípio que o próprio Nestor Cinelle, este homem de fatos e empreendimentos, seria mais do que suficiente neste trabalho de orientação que gentilmente me solicitou. Mas ele não quis trabalhar sizinho, resolveu articular este contato que por um lado amplia de início o raio de ação da editora, veio inquietar o bibliógrafo exilado no Rio de Janeiro, vinculou-o ainda uma vez à sua terra, e eis-me aqui, já trabalhando de coração e pensamento, pela maior glória desta catequese de cultura ora iniciada.

No momento em que se passa por uma nítida crise nacional, nada mais justo que preparar o povo para o amor à sua terra, para a compreensão do seu destino e a grandeza do seu futuro. Por isto tudo uma nova editora como esta da Livraria Âncora, fundada no lugar oportuno, ancorada nas águas mais piscosas, e com um programa lúcido, vem tomar de assalto o meu interesse, vem me fazer soldado de um exército inteiro.

As coleções programadas dão bem uma noção do trabalho orientado: uma coleção de assuntos capixabas, uma coleção de traduções de livros internacionais, uma coleção de livros didáticos, uma biblioteca das obras dos grandes viajantes que visitaram o Espírito Santo. Só nos resta agora apelar para o povo do Espírito Santo,, para que nos dê a mão e nos empreste seus olhos atentos, assim atingiremos o seu espírito nesta luta de frutos fartos e vitórias sem mancha. Uma luta só de vitoriosos, com o livri e pelo livro.

 

Autor do Prefácio: Antônio Simões dos Reis
Fonte: Torta Capixaba - Editora Âncora S.A., Vitória - Espírito Santo1962
Local da Pesquisa: Casa da Memória de Vila Velha
Compilação e Pesquisa: Walter de Aguiar Filho, agosto/2011 - membro do IHGES, da ALHC e Casa da Memória

Matérias Especiais

De vento em popa

De vento em popa

Era uma atração; um programa pra lá de quente quando, nas manhãs de domingo aconteciam, na baia de Vitória, lá pelos anos 55... 60... as concorridas regatas a remo. Em animada conversa, eu e meu amigo José Luis Schneider deixamo-nos navegar em relembranças. E quanto aprendi! Porque, embora médico (e que médico - daqueles às antigas que curavam com o coração), meu amigo foi menino do mar...

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

A Madrugada Chuvosa – Por Areobaldo Lellis Horta

Falava-se, à boca pequena, haver o comandante do 3° Batalhão de Infantaria, recebido ordem para depor o presidente do Estado e ocupar o Palácio

Ver Artigo
Quantas montanhas...

E lá fui eu, abraçada ao meu “Reino das Palavras”, instalar o meu reino literário na cidade de Pancas, a 180 quilômetros de Vitória

Ver Artigo
Abastecimento de água em Vitória – Por Areobaldo Lellis Horta

Além desse chafariz, existiam ainda os do Largo de Santa Luzia, em frente ao atual Ginásio São Vicente

Ver Artigo
A Limpeza Pública e a Domiciliar – Por Areobaldo Lellis Horta

Os quibungos (“tigres”), eram lançados ao mar, nos vários cais, às caladas da noite, quando adormecida a cidade

Ver Artigo
Britz - Por Milson Henriques

De qualquer modo vamos ao agradável labor de rememorar os que eu freqüentava, lembrando que havia também as boates Buteko, Cave, Aux Chandelles, Porão 214,...

Ver Artigo