Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Yvone Amorim

Yvone Pedrinha de Carvalho Amorim nasceu em Santa Leopoldina, ES em 1918. Cronista, poetisa, jornalista. Primeira mulher no Brasil a ocupar o cargo de Delegado Regional do Serviço Público Federal (ES e BA) e a ter registro de jornalista profissional no Espírito Santo.

Atuou nos jornais A GazetaA Tribuna, Folha do Povo e na revista Vida Capichaba.

Membro da Associação de Jornalistas e Escritores do Brasil - seção ES, e membro do IHGES, com vários trabalhos publicados na revista da entidade. Ocupa a cadeira nº 6, da AFESL, cuja patrona é Haydée Nicolussi.

Teve participação nas Coletâneas Mulher - verso e prosaPoemarEscritos entre dois séculos, textos literários organizados por Miguel Marvilla e Maria Helena Teixeira de Siqueira - 2000; Alguns de nós - 2001; Vozes & Perfis, 2002. Publicou: A História do Palito: Vitória, IHGES, 1997; História da Agricultura no Espírito Santo, Vitória: AEL, 2005, Margenado o Rio Doce (Crônicas do Tempo). Vitória: AEL, 2006 e Pelos caminhos da História. Vitória: IHGES, 2007.

 

Fonte: Dicionário Escritores e Escritoras do Espírito Santo,2008
Organização: Francisco Aurélio Ribeiro
Pesquisa: Thelma Maria Azevedo
Compilação: Walter de Aguiar Filho. novembro/2012 

 



Personalidades Capixabas

Paulo Amorim

Paulo Amorim

"Saí para a pesca, como fazia habitualmente todos os sábados e também uma vez durante a semana. Era dia 29 de fevereiro de 1992, sábado de carnaval..."

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Surge ao longe a estrela prometida – Jerônimo Monteiro

No Campinho, brejo e mangue, o quartel de Polícia mostrava-se imponente

Ver Artigo
Carlos Fernando Monteiro Lindenberg (Nêni) e os Monteiro

Nêni recebeu da avó Riqueta, em 1919, uma função: “fazer o levantamento da escrita” da Fazenda Monte Líbano

Ver Artigo
Jerônimo Monteiro - Capítulo III

Nasceu Jerônimo a 4 de junho de 1870, na casa-grande inaugurada em 1869, no batizado de Helena

Ver Artigo
Zacimba Gaba – Princesa, Escrava e Guerreira

Zacimba, que havia, “ainda mocinha”, cruzado o Atlântico naquelas precárias embarcações que traziam até 500 escravos, sabia muito bem o que devia representar a liberdade para o seu povo

Ver Artigo
Francisco Gil Araújo - Por Nara Saletto

Francisco Gil de Araújo nasceu na Bahia, filho de um rico mercador, Pedro Garcia, e de Maria de Araújo, descendente do famoso Caramuru

Ver Artigo