Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Atlas de Miller

Atlas de Miller

Na biblioteca Nacional de Paris encontra-se uma coleção de mapas conhecida como “Atlas de Miller”. Apesar do nome, os mapas são de origem portuguesa, podendo ser atribuídos a Lopo Homem, cartógrafo oficial do Reino nas primeiras décadas do século XVI. “Terra Brasilis”, um mapa feito a mão sobre pergaminho, faz parte desse atlas e deve ter sido desenhado por volta de 1519, ainda sob o reinado de Dom Manuel. Detalhada nomenclatura (146 nomes) indica pontos da costa brasileira, do Maranhão à embocadura do rio da Prata. Para o interior, o mapa mostra ilustrações realistas dos habitantes indígenas, alguns deles cuidando da extração de pau-brasil. As inscrições, como era hábito na época, são feitas em latim. E as bandeiras, uma ao norte (atual Guiana) e outra ao sul (atual Argentina), assinalam os pontos extremos do avanço português. Antes de 1520, o Tratado de Tordesilhas, que limitava as terras de Santa Cruz com as possessões espanholas, já não era cumprido.

Link Relacionado:

 Baixo de Pargos



GALERIA:

📷
📷


Matérias Especiais

Jabaité, lagoa esquecida

Jabaité, lagoa esquecida

Em Salvador, Abaeté é uma lagoa escura arrodeada de areia branca. Na Barra do Jucu, Jabaité é uma lagoa negra cheia de mistérios.

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praça Costa Pereira ou Independência?

Certa vez, de passagem pela Capital, um estrangeiro queixava-se: - A língua capixaba é muito difícil: escreve Costa Pereira e pronuncia-se Independência!

Ver Artigo
Ofícios reservados do príncipe regente D. Pedro I, 1822

Tenha sempre em vista como requisito essencial e objeto em que interessa à causa pública deste reino o exame e conhecimento dos sentimentos dos pretendentes

Ver Artigo
Vale do Mulembá

O Vale do Mulembá fica no bairro Joana D’arc, em Vitória, entre a Pedreira Rio Doce e o loteamento São José. O acesso é pela Rodovia Serafim Derenzi

Ver Artigo
Escolhendo panelas capixabas

Algumas panelas de barro produzidas no Espírito Santo estão ficando grossas, com queima incompleta e perdendo a cor negra profunda, tão característica. Isto se deve a fatores que pretendemos apontar

Ver Artigo
Casa da Memória de Vila Velha - Sua História

Na Prainha, à beira mar, de frente para a Praça Tamandaré, havia um casarão geminado em ruínas, uma das últimas edificações do século XIX, datada de 1893, conforme inscrição em seu frontispício

Ver Artigo