Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando desde 2000 a Cultura e História Capixaba

Homenagem ao General Paulo Magalhães

Centro Cultural Humberto de Campos

Na sala de reuniões da Câmara Municipal, realizou-se sábado passado, por iniciativa do Centro Cultural "Humberto de Campos", uma carinhosa e justa homenagem ao General Paulo de Almeida Magalhães, por motivo de sua promoção aquele alto posto do Exército Brasileiro.

Perante uma mesa presidida pelo Dr. Hilario Soneghet, Presidente do Centro, e composta dos Srs. Dr. Nilton Barros, Reitor da universidade do Espírito Santo, Antônio Gil Vellozo, Prefeito da cidade, João Mascarenhas Barcelos, Presidente em exercício da Câmara Municipal e o homenageado, discursaram, em saudação ao General Paulo Magalhães, os sirs. Capitão Newton Liberalli Jordão, Major Sebastião Pinto de Carvalho. Prefeito Antônio Gil Vellozo e Dr. Nilton Barros. A senhorita Marineusa Ribeiro declamou urna linda poesia de autoria do seu progenitor Sr. Mario Ribeiro.

Ao final, falaram o Dr. Hilario Soneghet, Presidente do Centro que disse dos justos motivos daquela homenagem e o General Paulo Almeida Magalhães, que pronunciou aplaudido discurso de agradecimento

Anotamos, entre as pessoas presentes, amigas e admiradoras da General Paulo Magalhães, os Srs. Americo Bernardes da Silveira, Henrique Rimolo, Tenente Jaime Pereira, Capitão Jaime Nascimento, Sra. Maria Luiza Vellozo Soneghet, Sta. Ana Bernades da Silveira, Vicente Oliveira e Silva, Mario Ribeiro, Julião Miranda Pinto, Altair Balbino Netto, além de outras cujos nomes escaparam à nossa reportagem.

A Exma. família do homenageado, nas pessoas de D. Nivia Silva Magalhães, digna esposa Dr. João de Attreu Ribeiro e Exma. Esposa D. Regina Magalhães Ribeiro, genro e filha e Stas. Martha e Christina. Também estiveram presentes a essa solenidade de apreço e amizade ao ex-comandante do 3. ° Batalhão de Caçadores.

 

Fonte: Jornal O Continente - 04/06/1955

Variedades

Capitania logo procura  as esmeraldas

Capitania logo procura as esmeraldas

Vasco Fernandes Coutinho trouxe na comitiva um espanhol entendido em mineração. As expedições subiam os rios Doce, São Mateus e Mucuri, ao Norte

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

UMA FEIRA, COM AMOR - Por Luiz Sérgio Quarto

Vá, mesmo que não tenha vivido no interior. Mas vá com a seguinte condição: a de expor o seu interior. Feito isso, será bem-vindo. Ou melhor: festejado

Ver Artigo
Cienfuegos no bar do Valfredo na Vila Rubim - Por Gilson Soares

O relógio na parede do Bar da Vila marcava meio-dia. Era a hora. O bando de bêbados inventou de enumerar em coro, sob a batuta de Cienfuegos, as batidas do velho relógio 

Ver Artigo
Bananas, Curiós e Peroás - Por Marien Calixte

Ali chegavam as canoas vindas de Caçaroca, Jucu, Tanque, Cariacica, via rio Marinho. Também vinham do rio Santa Maria.

Ver Artigo
Bota Muito - Por Cariê Lindenberg

Era um ritual quase religioso: frequentar o botequim do mercado da Vila Rubim apelidado pelo pessoal de, "Bota Muito", por razões que acredito óbvias

Ver Artigo
Frases de Caminhão - Por Eurípedes Queiroz do Valle

As 10 mais espirituosas Frase de Caminhão do Espírito Santo, 1971

Ver Artigo