Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Praia da Costa - Anos 1970 e 2004

Praia da Costa, o antes e o depois - Foto e Montagem: Edson Quintaes

 

Veja como era a Praia da Costa na década de 1970 e compare com a foto de 2004

- O edifício mais alto, dentre os poucos que havia na orla da Praia, é o Ed. Sereia;

- As casuarinas ainda presentes na orla da praia;

- O curso do rio da Costa já havia sido retificado, mas ainda aparece um braço que avançava sobre a vegetação existente;

- No Parque das Castanheiras, o primeiro conjunto de casas já havia sido edificado e o restante era ainda vegetação;

- A areia branca que aparece ao lado do canal da costa foi o aterro hidráulico feito na época com o material retirado do fundo da baía;

- As ruas de chão são a atual Hugo Musso e a paralela ao canal é a rua São Paulo.

 

Fonte: Edson Quintaes (Colaborador do Site Morro do Moreno)

Bairros e Ruas

Indicação de seis nomes de ruas – Por Elmo Elton

Indicação de seis nomes de ruas – Por Elmo Elton

Em 1925 o então Prefeito Municipal de Vitória solicitou ao IHGES a indicação de nomes a serem dados a seis novas ruas da cidade

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Escadaria Maria Ortiz

Ao tentar alcançar a parte alta da vila, subindo estreita rampa, conhecida como ladeira do Pelourinho, os corsários foram surpreendidos pela jovem Maria Ortiz

Ver Artigo
Bairro Glória – Por Edward Athayde D’Alcântara

O Bairro Glória era conhecido como “A Fábrica” por ter ali recebido a transferência da fábrica de bombons Garoto

Ver Artigo
Rua Nestor Gomes (ex-ladeira do Chafariz)

No governo de Florentino Avidos, a área foi urbanizada, pondo-se abaixo todos os casarões antigos ali existentes 

Ver Artigo
IBES 70 ANOS

O Ibes já foi um projeto mais ambicioso, em número de unidades projetadas, prevendo espaços para equipamentos comunitários, o primeiro desse estilo no Estado

Ver Artigo
Escadaria Bárbara Lindenberg – Por Elmo Elton

Ficou conhecida como ladeira das Colunas, sendo que, após a visita de Dom Pedro II ao Espírito Santo, em 1860, passou a denominar-se ladeira do Imperador

Ver Artigo