Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Rua Cerqueira Lima (ex-ladeira da Matriz) – Por Elmo Elton

Foto antiga da casa dos Cerqueira Lima

Ladeira inclinadíssima, muito antiga, contava com vários sobradões, de ambos os lados, todos datando do século XVIII. Tinha começo na Rua Domingos Martins, era cortada pela Rua das Flores, terminando na Duque de Caxias. Hoje a ladeira, embora ainda um tanto íngreme, ganhou pequena escadaria, tem calçamento moderno, novas construções, existindo, de seu casario anterior, apenas a residência assobradada da família Cerqueira Lima, — sólida construção do início do século. Os velhos sobradões da antiga ladeira da Matriz foram demolidos parte no governo de Florentino Avidos, o restante quando da administração do prefeito Américo Poli Monjardim.

O patrono da artéria, Dr. José Cerqueira Lima, teve atuação política no Estado, foi médico caritativo, atingindo a vice-presidência nos governos de Moniz Freire e Jerônimo Monteiro.

 

Fonte: Logradouros antigos de Vitória, 1999 – EDUFES, Secretaria Municipal de Cultura
Autor: Elmo Elton
Compilação: Walter de Aguiar Filho, outubro/2017

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Bairro Glória – Por Edward Athayde D’Alcântara

O Bairro Glória era conhecido como “A Fábrica” por ter ali recebido a transferência da fábrica de bombons Garoto

Ver Artigo
Rua Nestor Gomes (ex-ladeira do Chafariz)

No governo de Florentino Avidos, a área foi urbanizada, pondo-se abaixo todos os casarões antigos ali existentes 

Ver Artigo
IBES 70 ANOS

O Ibes já foi um projeto mais ambicioso, em número de unidades projetadas, prevendo espaços para equipamentos comunitários, o primeiro desse estilo no Estado

Ver Artigo
Escadaria Maria Ortiz

Ao tentar alcançar a parte alta da vila, subindo estreita rampa, conhecida como ladeira do Pelourinho, os corsários foram surpreendidos pela jovem Maria Ortiz

Ver Artigo
Escadaria Bárbara Lindenberg – Por Elmo Elton

Ficou conhecida como ladeira das Colunas, sendo que, após a visita de Dom Pedro II ao Espírito Santo, em 1860, passou a denominar-se ladeira do Imperador

Ver Artigo