Morro do Moreno: Desde 1535
Site: Divulgando há 16 anos Cultura e História Capixaba

Vale do Mulembá

Barro sendo retirado para ser usado na fabricação da panela

Localização

O Vale do Mulembá fica no bairro Joana D’arc, em Vitória, entre a Pedreira Rio Doce e o loteamento São José. O acesso é pela Rodovia Serafim Derenzi.

Formato

O vale possui formato em “U” alongado nas duas pontas, com largura variável de 100 a 180 metros e comprimento de cerca de 700 metros. Está cercado de elevações com cota máxima de 132 metros a sul e 120 metros na direção da Pedreira Rio Doce.

Vegetação

A vegetação do Mulembá é escassa, partes alagadas e várias depressões, de onde são extraídas argila para a fabricação de panelas de barro.

Argila

É uma argila caulinítica, de granulação fina, de cor variável do amarelo-ocre ao cinza-azulado. Ela contém feldspato, mica, matéria orgânica, sais de ferro, sílica livre e outras impurezas.

Qualidade da argila

Já foram identificados três tipos de argila no Vale do Mulembá. A mais resistente é ideal para a produção das panelas são as argilas plásticas, de cor amarelada e cinza, com matéria orgânica e pouca sílica livre.

Mistura

Para dar conta de tanta panela, as artesãs costumam misturar as argilas plásticas com argilas de menor qualidade.

Verdadeira panela

As panelas de barro do Vale do Mulembá produzidas pelas paneleiras de Goiabeiras têm cor preta fosca (pouco brilho) e o acabamento é simples porque a modelagem é feita á mão. Elas são mais resistentes ao fogo, (não racham) e conservam a temperatura dos alimentos por mais tempo.

 

Por: Manuella Siqueira
Fonte: Jornal A Gazeta (setembro/2005)


LINKS RELACIONADOS:

 Escolhendo panelas capixabas
 Panela de Barro
 Mangue Vermelho
 Aprenda a escolher um bom peixe 
 Caranguejo 
 Culinária Capixaba

Matérias Especiais

Nas trilhas do Mestre Álvaro

Nas trilhas do Mestre Álvaro

Ele está lá, imponente, e pode ser visto de qualquer lugar da Serra. É o Mestre Álvaro, o grande anfitrião do município. E como é bonito vê-lo ao entardecer, quando o sol se põe e forma atrás da montanha aquele vermelho-alaranjado. Imagine então, ver esse cenário do seu topo. Sim, é maravilhoso (mas só suba com um guia).

Pesquisa

Facebook

Leia Mais

Praça Costa Pereira ou Independência?

Certa vez, de passagem pela Capital, um estrangeiro queixava-se: - A língua capixaba é muito difícil: escreve Costa Pereira e pronuncia-se Independência!

Ver Artigo
Ofícios reservados do príncipe regente D. Pedro I, 1822

Tenha sempre em vista como requisito essencial e objeto em que interessa à causa pública deste reino o exame e conhecimento dos sentimentos dos pretendentes

Ver Artigo
Vale do Mulembá

O Vale do Mulembá fica no bairro Joana D’arc, em Vitória, entre a Pedreira Rio Doce e o loteamento São José. O acesso é pela Rodovia Serafim Derenzi

Ver Artigo
Escolhendo panelas capixabas

Algumas panelas de barro produzidas no Espírito Santo estão ficando grossas, com queima incompleta e perdendo a cor negra profunda, tão característica. Isto se deve a fatores que pretendemos apontar

Ver Artigo
Casa da Memória de Vila Velha - Sua História

Na Prainha, à beira mar, de frente para a Praça Tamandaré, havia um casarão geminado em ruínas, uma das últimas edificações do século XIX, datada de 1893, conforme inscrição em seu frontispício

Ver Artigo